Representações sociais sobre um Colégio de Aplicação: um estudo com os professores

Lísia Regina Ferreira Michels, Maria Helena Villares Cordeiro, Paula Correa Tavares

Resumo


Esta pesquisa objetivou caracterizar as representações sociais dos professores que atuam num Colégio de Aplicação da Região Sul do Brasil sobre a instituição. A existência de diferentes representações sociais de professores pode afetar as relações entre os professores dos diferentes níveis de ensino e, consequentemente, o seu desenvolvimento profissional. Neste estudo foi adotada uma abordagem plurimetodológica, organizada em duas etapas distintas. Na primeira etapa, foi aplicado um questionário a 51 professores do colégio. Para a segunda etapa foram entrevistados três professores de cada nível de ensino, escolhidos aleatoriamente. A entrevista foi iniciada por meio da técnica de procedimento de classificações múltiplas, foi gravada e transcrita, para análise qualitativa das falas. A partir da análise das falas dos professores, foi possível confirmar as representações sociais dos professores sobre o colégio. Emergiram três categorias da representação social: a primeira categoria corresponde aos elementos necessários à aprendizagem dos alunos. A segunda categoria refere-se aos elementos relacionados ao que seria um ideal de profissionalismo, em uma dimensão institucional. A terceira categoria refere-se aos atributos pessoais de qualidade do professor.

Texto completo:

PDF

Referências


DONADUZZI, A. Explico uma vez, eles fazem: a representação social do bom aluno entre as professoras do início do ensino fundamental. 2003. 86 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação, Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2003.

FARR, R. M. Representações sociais: a teoria e sua história. In: GUARESCHI, P. A.; JOVCHELOVITCH, S. (Org.). Textos em representações sociais. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 1995. p. 31-59.

FERNANDES, M. Z. Representação social do bom professor da educação infantil. 2004. 138 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Centro de Ciências Humanas e da Comunicação, Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2004.

GILLY, M. Representações sociais no campo educativo. Educar, Curitiba, n. 19, p. 231-252, 2002. Disponível em: . Acesso em: 20 nov. 2009.

GUARESCHI, P. A.; JOVCHELOVITCH, S. (Org.). Textos em representações sociais. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 1995.

GUARESCHI, T.; NAUJORKS, M. I. As representações sociais de professores acerca da aprendizagem de alunos com distúrbios globais do desenvolvimento. REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 29., 2006, Caxambu. Anais... Caxambu: ANPED, 2006. Disponível em:

GT15-2192--Int.pdf>. Acesso em: 30 jun. 2007.

JODELET, D. Contribuições das representações sociais para a análise das relações entre educação e trabalho. In: PARDAL, L. et al. (Org.). Educação e trabalho: representações, competências e trajectórias. Aveiro: Universidade de Aveiro, 2007. p. 11-25.

KLEIN, J. A. A representação social sobre a matemática de professoras da educação infantil e séries iniciais do ensino fundamental de escolas da rede municipal de Itajaí-SC. 2006. 105 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Centro de Ciências Humanas e da Comunicação, Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2006.

MOSCOVICI, S. Representações sociais: investigações em psicologia social. Petrópolis: Vozes, 2003.

NÓVOA, A. (Coord.). Os professores e a sua formação. 2. ed. Lisboa: Dom Quixote, 1995.

SOUSA, C. P. Estudos de representações sociais em educação. Psicologia da Educação, São Paulo, n. 14/15, p. 285-323, 2002.

SPINK, M. J. P. O conceito de representação social na abordagem psicossocial. Caderno Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 9, n. 3, 1993. Disponível em:

. Acesso em: 30 jun 2007.

TEVES, N.; RANGEL, M. Representação social e educação. Campinas: Papirus, 1999.

VILLAS BÔAS, L. P. S. Teoria das representações sociais e o conceito de emoção: diálogos possíveis entre Serge Moscovici e Humberto Maturana. Psicologia e Educação, v. 19, p. 143-166, 2004. Disponível em: . Acesso em: 3 jul. 2007.




DOI: https://doi.org/10.7213/rde.v11i33.4393

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat