A AVALIAÇÃO EXTERNA DAS ESCOLAS E A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES: O CASO PAULISTA

Andréia da Cunha Malheiros Santana, José Carlos Rothen

Resumo


Este artigo tem como objetivo discutir o impacto do Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (SARESP) e do Índice de Desenvolvimento da Educação no Estado de São Paulo (IDESP) na formação continuada de professores. Este artigo é fruto de uma pesquisa de pós-doutorado que investigou como os resultados da avaliação externa são trabalhados em duas escolas com desempenhos antagônicos no IDESP: uma com resultado crescente, e outra, decrescente. No estudo de caso, foram adotados como procedimentos metodológicos a análise documental, a observação das reuniões pedagógicas das escolas, um questionário destinado aos professores e diretores e entrevistas com os supervisores de ensino. Concluiu-se que o modelo de formação continuada realizado a partir dos resultados das provas visa ao treinamento dos professores. Esse tipo de formação é elaborado pela Secretaria de Educação, que reduz a formação continuada à preparação dos professores para treinarem os alunos a realizar as provas aplicadas pelo Estado; a escola não tem autonomia para trabalhar os resultados das avaliações externas, nem o hábito de indagar suas razões e causas. Os resultados nas avaliações são analisados e vistos como metas a serem atingidas sem que seja promovido o diálogo entre as avaliações externas e internas.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, D. F., TAVARES, H. R., VALE, R. C. Teoria de resposta ao item : conceitos e aplicações. São Paulo: Associação Brasileira de Estatística, 2000.

ANDRÉ, M. E. D. A. Estudo de caso em pesquisa e avaliação educacional . 3. ed. Brasília: Líber Livro, 2008.

BARRETO, E. et al. Avaliação na educação básica nos anos 90 segundo os periódicos acadêmicos. Cadernos de Pesquisa , n. 114, p. 49-88, 2001.

BONAMINO, A.; SOUSA, S. Z. Três gerações de avaliação da educação básica no Brasil: interfaces com o currículo da/na escola. Educação e Pesquisa , v. 38, n. 2, p. 373-388, 2012. Disponível em: . Acesso em: 15 out. 2013.

DIAS SOBRINHO, J. Campo e caminhos da avaliação: a avaliação da educação superior no Brasil. In: FREITAS, L. C. (Org.). Avaliação : construindo o campo e a crítica. Florianópolis: Insular, 2002.

FONSECA, M. A gestão da educação básica na ótica da cooperação internacional: um salto para o futuro ou para o passado? In: VEIGA, I. P. A.; FONSECA, M. As dimensões do projeto político pedagógico . Campinas: Papirus, 2001.

FREITAS, D. N. T. A avaliação da educação básica no Brasil : dimensão normativa, pedagógica e educativa. Campinas: Autores Associados, 2007.

FREITAS, H. C. L. Certificação docente e a formação do educador: regulação e desprofissionalização. Educação e Sociedade , v. 24, n. 85, p. 1095-1124, 2003. Disponível em: . Acesso em: 15 out. 2013.

FREITAS, L. C. Eliminação adiada: o ocaso das classes populares no interior da escola e a ocultação da (má) qualidade do ensino. Educação e Sociedade , v. 28, n. 100, p. 965-987, 2007. Disponível em: . Acesso em: 21 mar. 2012.

MADAUS, G. F. The influence of testing on the curriculum. In: TANNER, L. N. Critical issues in curriculum: eighty-seventh yearbook of the National Society for the Study of Education . Chicago, Illinois: NSSE, 1988.

OLIVEIRA, D. A.; FONSECA, M. O Banco Mundial e as políticas de formação docente: a centralidade da educação básica. In: HIDALGO, A. M. et al. (Org.). Educação e estado : as mudanças nos sistemas de ensino do Brasil e Paraná na década de 90. Londrina: Ed. UEL, 2001.

SÃO PAULO (Estado). Lei Complementar n. 1.010, de 1 de junho de 2007. Dispõe sobre a criação da SÃO PAULO PREVIDÊNCIA - SPPREV, entidade gestora do Regime Próprio de Previdência dos Servidores Públicos – RPPS e do Regime Próprio de Previdência dos Militares do Estado de São Paulo – RPPM, e dá providências correlatas. São Paulo, SP, 2007. Disponível em: . Acesso em: 9 set. 2013.

SÃO PAULO (Estado). Matrizes de referência para a avaliação : Documento Básico – Saresp. São Paulo: SEE, 2012. Disponível em: . Acesso em: 9 set. 2013.

SÃO PAULO (Estado). Programa de Qualidade da Escola : nota técnica. São Paulo: SEE, 2013a. Disponível em: . Acesso em: 1º out. 2013.

SÃO PAULO (Estado). Boletim da Escola : 2013. São Paulo, 2013b. Disponível em:. Acesso em: 1º jun. 2013.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/dialogo.educ.15.044.DS04

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat