Profissionalidade e formação docente: representações sociais de professores

Rejane Dias da Silva, Adelaide Alves Dias, Sonia Pimenta de Araujo

Resumo


Este estudo analisa a representação social sobre a formação docente de professores da rede pública estadual de Pernambuco. Partimos do pressuposto que as Representações Sociais podem contribuir para desencadear práticas educativas e possibilitar o acesso ao seu conhecimento. Foram aplicados questionários de associação livre e associação dirigida a 80 professores de 20 escolas de ensinos fundamental e médio. Identificamos o campo semântico das representações sociais dos professores e os elementos que constituíam o núcleo central. Os resultados revelaram que as representações sobre a formação circulam em torno das categorias pedagógica, acadêmica e profissional. A categoria profissional foi insignificante no campo das representações dos sujeitos investigados. O núcleo central dessas representações se organiza em torno da dimensão acadêmica. As representações da formação são ancoradas na categoria acadêmica indicando a forte influência da formação inicial em cursos de licenciatura, apesar de terem sido encontrados indícios de mudanças consubstanciadas na ênfase na categoria pedagógica encontrada nas representações dos professores.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRIC, J. C. Pratiques sociales et représentations . Paris: PUF, 1994.

ALLOUFA, J. M. L.; MADEIRA, C. M. Representação social e educação: que relação é essa? II Colóquio Franco Brasileiro Educação e Linguagem. GT Educação e Representação Social, 1990.

ALVES, N. Trajetórias e redes na formação de professores . Rio de Janeiro: DP&A, 1998.

BENAVENTE, A. O computador e a mudança na escola. In: BERNARDES, A.; VELOSO, E. (eds) Actas do Encontro “o computador na sala de aula” . Lisboa: Projeto Minerva, 1990.

BRZEZINSKI, I. Pedagogia, pedagogos e formação de professores – Busca e Movimento. Campinas: Papirus Editora, 1996.

CUNHA, M. I. O bom professor e a sua prática. Campinas, SP: Papirus, 1994.

DOTTA, L. T. T. Representações Sociais do ser professor. Campinas, SP: Editora Alínea, 2006.

FERREIRA, A. C. Um olhar retrospectivo sobre a pesquisa brasileira em formação de professores de matemática. In: FIORENTINI, D (org.). Formação de professores de Matemática. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2003.

GATTI, B. A construção da pesquisa em Educação no Brasil. Brasília, DF: Plano, 1997.

GAUTHIER, C. Por uma teoria da Pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. Ijuí: Unijuí, 1998.

JODELET, D. Lés representations sociales. Paris: PUF, 1989.

LIBÂNEO, J. C. Adeus Professor, Adeus Professores? Novas exigências educacionais e profissão docente. São Paulo: Cortez, 1998.

MADEIRA, M. C. Um aprender do viver: educação e representação social. In:

MOREIRA, A. S. P.; OLIVEIRA, D. C. (Org.). Estudos interdisciplinares de representação social . 2. ed. Goiânia: AB, 2000.

MAZZOTI, A. J. Representações sociais: desenvolvimentos atuais e aplicações à educação. In: Linguagens, espaços e tempos no ensinar e aprender / ENDIPE – Rio de Janeiro: DP&A, 2000.

MOLINER, P. Les méthodes de réperage et d’identification du noyau dês représentations sociales. In: C. GUIMELLI (Ed). Structures et transformations dês représentations sociales . Neuchâtel: Delachaux et Niestlé, 1994.

MOSCOVICI, S. A Representação Social da Psicanálise. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.

PIMENTA, S. G. (org.). Saberes pedagógicos e atividade docente . São Paulo: Cortez, 2000.

PONTE, J. P. Concepções dos professores de Matemática e processos de formação em Educação Matemática. Portugal. Seção de Educação Matemática da Sociedade de Ciências da Educação de Lisboa. p. 187-239, 1992.

SÁ, C. P. de. Núcleo central das Representações Sociais. Petrópolis: Vozes, 1996.

SCHÖN, D. Formar professores como profissionais reflexivos. In: NÓVOA, A. (coord.) Os professores e sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992.

SCHULMAN, L. S. Those who understand: knowledge growth in teaching. Educational Researcher , v. 15, n. 2, p. 4-14, 1986.

SILVA, R. D. da. A formação do professor de Matemática: um estudo das Representações Sociais. 2008. F 240 f. Tese (Doutorado em Educação). Universidade Federal de Pernambuco. Recife, 2008.

TARDIF, M. Saberes profissionais dos professores e conhecimentos universitários. Revista Brasileira de Educação. ANPED, n. 13, 2000, p. 5-23.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2002.

THOMPSON, A. G. Teachers beliefs and conceptions: A synthesis of the research. In: D. A. Grouws (Ed) Handbook of research in mathematics teaching and leaning. New York, NY: Macmillan, 1992.

ZEICHNER, K. M. A formação reflexiva dos professores : idéias e práticas. Lisboa:

Educa, 1993.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/1981-416X.16.050.DS09

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat