Formação inicial de professores: contradições do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID)

Margarita Victoria Rodriguez, André Malina, Caroline Correia Maciel

Resumo


O presente artigo tem por objetivo explicitar contradições presentes nas políticas de formação inicial de professores, especialmente aquelas que se destacam no interior do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID). As relações estabelecidas entre o aluno bolsista e as dinâmicas do programa referem-se ao ponto central de investigação e análise. Para tanto, o procedimento metodológico adotado foi a análise da legislação que regula o programa e a utilização de entrevistas semiestruturadas com dois coordenadores institucionais: um do PIBID/UFMS, e outro do PIBID/UEMS. Evidencia-se que a distorção na atuação do pibidiano quando realiza sua formação prática na escola pública e a dificuldade em garantir a permanência desses acadêmicos de licenciatura em seus cursos são as principais contradições encontradas nos dois eixos de investigação.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.7213/1981-416X.19.061.AO02

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Editora Universitária Champagnat