Mentoras de professoras iniciantes: a construção de uma base de conhecimentos

Ana Paula Gestoso de Souza, Aline Maria de Medeiros Rodrigues Reali

Resumo


Esta investigação tem como cenário uma pesquisa-intervenção que estuda as contribuições e os limites de um programa híbrido de mentoria para o
desenvolvimento profissional de professores experientes e professores iniciantes. Nesse programa, 10 professoras experientes — mentoras (com mais de 10 anos de prática docente) auxiliam professores iniciantes (com até cinco anos de atuação docente), que atuam na Educação Básica, a minimizar ou superar as dificuldades vividas no início da carreira docente. Isso ocorre por meio da interlocução com professores experientes, após processo formativo específico para atuarem como mentoras. Este trabalho investigou a construção da base de conhecimento para a mentoria analisando narrativas escritas pelas mentoras sobre sua experiência com as professoras iniciantes. Foram identificadas as seguintes categorias que compõem essa base de conhecimento: i. conhecimento do conteúdo específico, ii. conhecimento pedagógico geral para a mentoria, iii. conhecimento pedagógico do conteúdo, iv. conhecimento sobre o ser mentor e v. conhecimento atitudinal. Observou-se que a mentoria tem se configurado como uma comunidade de aprendizagem, pois busca propiciar um lugar de diálogo não hierárquico  aproximando universidade e escola a: desenvolver ações formativas tendo em vista o contexto escolar do professor iniciante, suas demandas e outras necessidades formativas, valorizar a inserção dos participantes (pesquisadores, mentoras e iniciantes) em processos reflexivos e promover que as mentoras se assumam como parceiras do processo de formação dos iniciantes.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7213/1981-416X.20.067.AO02

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Editora Universitária Champagnat