CONSIDERAÇÕES SOBRE PRÁTICAS DE SALA-DE-AULA NO ENSINO DE CIÊNCIAS: UMA ABORDAGEM COMPARATIVA

Marcelo Maia Cirino

Resumo


Este artigo é parte de um trabalho de mestrado na área de Educação em Ciências e procura fazer uma análise sobre diferentes parâmetros de investigação da prática de sala-de-aula. Utilizando como referencial teórico os trabalhos de Zabala (1995, 1998), este artigo propõe uma comparação entre a interpretação das práticas de professores de química da rede estadual paulista, objeto da tese de doutoramento e posteriormente de um artigo de Romanelli (1992, 1996), e o trabalho do pesquisador/pedagogo espanhol.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDERSON, B. Pupils’conception of matter and its transformations. Estudies in Science Education, n. 18, p. 53-85, 1990.

COLL, C. Marc Curricular per a l’ Ensenyament Obligatori. Barcelonona:

Dep. de Enseñanza de la Generalitat de Cataluña, 1986.

POSNER, G. J., STRIKE, K. A., HEWSON, P. W., GERTZOG, W. A. Accomodation of a scientific conception: toward a theory of conceptual change. Science Education, v.66, p. 211-27, 1982.

ROMANELLI, L. I. O papel mediador do professor no processo de ensinoaprendizagem do conceito de átomo. Química Nova na Escola, n. 3, p.27-31, 1996.

_________ . Concepções do professor sobre seu papel mediador na

construção do conhecimento do conceito de átomo. Tese (Doutorado)-

Faculdade de Educação da UNICAMP, Campinas, 1992.

VIGOTSKY, L. S. Pensamento e linguagem. São Paulo,SP: Martins Fontes,

________ . Formação social da mente. São Paulo,SP: Martins Fontes, 1984.

ZABALA, A. La Práctica Educativa: cómo enseñar. Las secuencias didácticas y las secuencias de contenido. Barcelona (España): Coleccción El Lápiz, 1995.

_______ . A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre: Artmed, 1998.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/rde.v6i18.3370

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat