Ambientes Virtuais enriquecidos com tecnologias audiovisuais e o seu impacto na promoção de competências de aprendizagem de estudantes de pós-graduação em Portugal

J. António Moreira, Sara Dias-Trindade

Resumo


As relações humanas, sociais e pedagógicas contemporâneas têm sofrido grandes transformações impulsionadas pela apropriação das tecnologias, que assumem um papel crucial na mudança de hábitos e comportamentos. E perante esta realidade as instituições educativas enfrentam, hoje, o desafio não só de criar cenários de aprendizagem que promovam a aquisição de conhecimentos, mas também de conceber ambientes para o desenvolvimento de competências de aprendizagem. Neste artigo, é precisamente um desses cenários que pretendemos analisar, descrevendo o seu impacto nas competências de aprendizagem de vinte e quatro estudantes de pós-graduação, a partir da análise qualitativa das suas perceções e narrativas e tendo como referencial o Modelo Pedagógico desenvolvido por Moreira (2017) para o desenho de e-Atividades de aprendizagem centradas na “desconstrução” de imagens em movimento. Os resultados mostram que o design do ambiente, ancorado no modelo pedagógico considerado e na utilização de tecnologias audiovisuais, pode ter efeitos muito positivos na autoaprendizagem dos estudantes de pós-graduação, a nível das diferentes dimensões consideradas: Aprendizagem Ativa, Iniciativa e Autonomia. São discutidas as implicações dos resultados encontrados, tanto do ponto de vista de intervenção prática, quer em termos de investigações futuras.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.7213/1981-416X.19.060.DS09

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Editora Universitária Champagnat