Interações on-line nas atividades de orientação de trabalhos finais de curso: um estudo sobre as práticas dos orientadores no Brasil e Portugal

Paulo Roberto Prado Constantino, Susana Henriques

Resumo


Este artigo é parte de uma investigação mais ampla sobre os fundamentos e práticas de orientação dos trabalhos finais de cursos em modalidades on-line [dissertações, teses, monografias, projetos experimentais], com foco sobre instituições educacionais superiores em Portugal e no Brasil. No presente, a reflexão assenta-se sobre as interações on-line desenvolvidas durante estas orientações. A partir da análise de conteúdo em entrevistas com oito professores, pretendeu-se um mapeamento das preferências e práticas de interações, analisando aspectos que envolvem os canais comunicacionais e seus recursos e tipos; os tempos e modos para interações síncronas e assíncronas e a sua periodicidade; a formação de redes sociais e comunidades de aprendizagem; e os substratos das relações entre os indivíduos e da criação de redes comunicacionais com finalidades de aprendizagem. Os resultados apontam algumas diretivas para a educação on-line, como contributos da pesquisa.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.7213/1981-416X.19.060.DS06

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Editora Universitária Champagnat