Da “janelinha” para o “janelão”: a relevância de conteúdos qualificados para a educação permanente pelos surdos e sua inclusão transformadora

Jaciara de Sá Carvalho, Rita Cassia Martins Costa Brito

Resumo


Uma das dificuldades com as quais sujeitos surdos se deparam é o acesso à informação qualificada em audiovisuais, uma vez que recursos como legendas e o trabalho de intérpretes não seriam suficientes para ampla compreensão, pois a maioria não domina a Língua Portuguesa Escrita (LPE) e, ainda que os intérpretes utilizem a Língua Brasileira de Sinais (Libras), há sempre uma tradução. A partir desta problemática, este artigo apresenta uma discussão sobre a importância de conteúdos qualificados para a inclusão social com tecnologias e educação desses sujeitos, considerando dados de uma pesquisa sobre a TV INES, primeira WEB TV no País protagonizada por surdos com programação bilíngue (Libras e Português). Entrevistas com surdos de diferentes níveis de escolaridade apontam para a necessidade de ampliação de conteúdos produzidos por surdos e para surdos como insumo para o desenvolvimento de sua criticidade (FREIRE, 1979) e, assim, para seu processo permanente de educação com tecnologias digitais.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.7213/1981-416X.18.058.DS11

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Editora Universitária Champagnat