Contribuições dos Quefazeres de Paulo Freire para a educação do campo hoje

Sheila de Fatima Mangoli Rocha, Gomercindo Ghiggi, Priscila Monteiro Chaves, Dirlei de Azambuja Pereira

Resumo


É necessário buscar contribuições teórico-metodológicas para a prática docente em Freire para a concretização da educação popular do campo. A presente pesquisa teórico-bibliográfica objetiva problematizar os quefazeres da teoria freiriana frente às práticas pedagógicas, no que compete à busca por uma educação que possa contribuir com a construção de uma sociedade justa e igualitária, na medida em que atenda às necessidades das classes populares, tendo a realidade do campo como ponto de partida. Para tanto, três categorias de análise foram elegidas, são elas: formação humana, tema gerador e a conjugação entre saberes científicos e populares. Embora esse educador seja considerado um dos principais referenciais, ainda existe carência de estudos sistemáticos de suas contribuições em categorias que visem a favorecer o preenchimento de lacunas nas práticas educativas de desenvolvimento do campo. Por fim, faz-se necessário avigorar que a educação não seja meio de fuga do campo, mas de obtenção de melhoria das condições de vida; reivindicação de um projeto de formação aliado a um modelo de agricultura que não mate a dignidade do homem.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.7213/1981-416X.18.058.AO04

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista Diálogo Educacional