A educação on-line como dispositivo de pesquisa-formação na cibercultura

Edméa Oliveira dos Santos, Mayra Rodrigues Fernandes Ribeiro, Rosemary dos Santos

Resumo


O presente artigo se insere no contexto dos estudos do Grupo de Pesquisa Docência e Cibercultura – GPDOC/UERJ, no qual optamos por fazer pesquisa inspiradas em epistemologias das práticas, atualizando o método da pesquisa-formação na cibercultura por meio de tessituras metodológicas que se atualizam em cada nova pesquisa. A bricolagem multirreferencial e com os cotidianos possibilita desenvolvermos pesquisas no encontro de narrativas do cotidiano com narrativas acadêmico-científicas que nos aproximam da inteligibilidade das práticas em um processo de autoformação e formação. Objetivamos neste artigo apresentar a criação de dispositivos autorais em ambientes on-line junto com professores formadores da Pós-graduação em Educação da UERJ. Nosso estudo teve como questão central: como pensar e fazer uma relação pedagógica docente/discente favorável à formação autoral na cibercultura? Como resultados percebemos que os dispositivos on-line possibilitaram maior imersão docente e discente nas práticas da cibercultura; ampliaram os processos de mediação, antes restrito às práticas de ensino presenciais, e ainda exercitaram possibilidades de enxergar uma proposta didática que se aproxime da formação do ciberautorcidadão, na qual docentes/discentes se autorizam nas interações sociais/comunicacionais tecidas nas redes da cidadeciberespaços.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.7213/1981-416X.18.056.DS02

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista Diálogo Educacional