O declínio da autoridade docente na escola contemporânea

Joyce Kelly Pescarolo, Pedro Rodolfo Bodê de Moraes

Resumo


O presente artigo tem como objetivo problematizar a questão da autoridade docente na escola atual tendo como campo de pesquisa 20 escolas públicas de Curitiba e região metropolitana, sendo 9 escolas estaduais e 11 municipais. Um dos temas recorrentes relatados como um grande problema da educação na atualidade pelos profissionais da área foi a perda de autoridade na relação com o alunado. Tal fato também pode ser verificado quando consideramos a bibliografia sobre o tema. Os autores apontam que uma das principais questões da escola contemporânea, no que tange à relação professor-aluno, está relacionada com o declínio da autoridade docente. O artigo busca compreender no que consiste a autoridade, diferenciando-a do autoritarismo. Busca também problematizar as relações de autoridade na escola, bem como as bases que as constituem. O trabalho de campo foi realizado durante três anos de observação participante nas escolas escolhidas pela pesquisa, o que possibilitou o acompanhamento das rotinas institucionais de forma intensa.

Texto completo:

PDF

Referências


AQUINO, J. G. A violência escolar e a crise da autoridade docente. Cad. CEDES,Campinas, v. 19, n. 47, Dec. 1998a. Disponível em: . Acesso em 07 Janeiro de 2014.

AQUINO, J. G. A indisciplina e a escola atual. Rev. Fac. Educ., São Paulo, v. 24, n. 2, Julho 1998b. Disponível em: . Acesso em 17 Março 2014.

ARAUJO, U. e AQUINO, J. G. Os Direitos Humanos em sala de aula: a ética como tema transversal. São Paulo: Ed. Moderna, 2001.

ARENDT, H. Entre o passado e o futuro. São Paulo: Editora Perspectiva, 1992.

ARIÈS, P. A história social da infância e da família. Rio de Janeiro: Editora LTC, 2006.

BRASIL. Lei n. 8069 de 13 de julho de 1990. Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências – ECA. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 16 de jul. 1990, p. 13563. Disponível em: . Acesso em: 14 ago. 2015.

BROCCOLICHI, S.; OEUVRARD, F. A engrenagem. In: BOURDIEU, P. (Coord.). A miséria do mundo. Petrópolis: Editora Vozes, 2012.

DURKHEIM, E. Educação e Sociologia. São Paulo: Editora Hedra, [1922] 2010.

GIDDENS, A. A transformação da instimidade. São Paulo: Editora Unesp, 1993.

GUILLOT, G. O resgate da autoridade em educação. Porto Alegre: Editora Artmed, 2008.

LA TAILLE, Y. Autoridade na escola. In: AQUINO, J. G. (Org.) Autoridade e autonomia na escola: alternativas teóricas e práticas. São Paulo: Summus, 1999, p. 9-29.

LA TAILLE, Y. A importância da generosidade no início da gênese da moralidade na criança. Psicologia: Reflexão & Crítica, v.19, n.1, p. 9-17, 2006.

LA TAILLE, Y.; MENIN, M. S. S. Crise de valores ou valores em crise? Porto Alegre:Editora Artmed, 2009.

LIPOVETSKY, G. A felicidade paradoxal. Tradução Maria Lucia Machado. São

Paulo: Companhia das Letras, 2010.

PIAGET, J. O Juízo Moral na Criança. São Paulo: Editora Summus, 1994.

SENNETT, R. Autoridade. Rio de Janeiro: Editora Record, 2001.

WEBER, M. Economia e Sociedade. Vol 1. Brasilia: Editora UNB, (1920) 1991.

WINNICOTT, D. W. A criança e o seu mundo. Rio de Janeiro: Editora Jorge Zahar, 1977.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/rde.v16i47.1999

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat