Autoconhecimento como estratégia formativa do professor

Marcia Gouvêa Lousada, Maribel Oliveira Barreto

Resumo


Diante da modificação ocorrida na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), pela qual espera-se que o professor desenvolva competências em seus estudantes, as quais englobem uma formação humana e ética, além da formação técnica e com especial relevância para o autoconhecimento e autocuidado, mostra-se necessário compreender
como os autores da área realizam tal desenvolvimento. Para tanto foram analisados 22 resumos de artigos, dissertações e teses publicadas entre 2015 e 2020 nas plataformas do [email protected] e da Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD) a fim de conhecer as técnicas empregadas na promoção de tal capacidade e/ou habilidade. Como
resultado encontraram-se tentativas de agregar a compreensão intrapsíquica na educação, sendo utilizadas diversas estratégias que vão desde a simples reflexão sobre si e a conscientização das escolhas realizadas e a realizar até a combinação de técnicas e teorias da Psicologia, muitas vezes já utilizadas no mundo corporativo. Outra tendência manifestada nesta investigação foi a inclusão de uma visão mais abrangente de Ser Humano, a necessidade e importância de uma visão holística, de um Ser Humano Integral que possibilite abarcar um trabalho que atue com as dimensões físico/corporal, afetivo/emocional, cognitivo/mental, social e espiritual/transcendente.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7213/1981-416X.21.070.AO05

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Editora Universitária Champagnat