Trajetórias e práticas pedagógicas entre professores de sociologia

Amurabi Oliveira

Resumo


As pesquisas sobre ensino de sociologia têm sido ampliadas nos últimos anos, especialmente após o retorno da sociologia ao currículo escolar em 2008. Neste contexto a questão da formação e atuação dos professores de sociologia tornou-se central, o que tem demandado uma reflexão mais apurada por parte dos pesquisadores sobre este ponto. Este artigo visa contribuir para esta discussão analisando a relação entre trajetórias e práticas pedagógicas, a partir da ideia de disposições incorporadas duráveis (habitus) entre professores de sociologia que atuam no ensino médio. Observaram-se através de entrevistas semiestruturadas pontos de aproximação e de distinção entre os formados em ciências sociais e aqueles formados em outras áreas, o que se relaciona também às condições sob as quais são produzidas as práticas. Conclui-se que a prática docente é um fenômeno que se produz na relação entre as trajetórias e as condições objetivas, que incidem sobre as aspirações subjetivas e as realizações objetivas dos agentes.

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7213/1981-416X.19.060.AO01

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Editora Universitária Champagnat