DA “PEDAGOGIZAÇÃO” À EDUCAÇÃO: ACERCA DE ALGUMAS CONTRIBUIÇÕES DE FOUCAULT E HABERMAS PARA A FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO

Inês Lacerda de Araújo

Resumo


O estilo “pedagogizador” limita-se a instruir, reproduzir conhecimento, aplicar técnicas ao aluno, tratado como objeto a ser conhecido e treinado. Este é o papel da escola na sociedade disciplinar de que fala Foucault. Já Habermas propõe um modelo calcado na intersubjetividade, mais apto a conduzir para a educação, entendida num sentido construtor de subjetividades emancipadas, criativas, autônomas. Chamamos este modelo de “modelo educacional”. Educar é produzir sujeitos capazes de linguagem e de ação, calcadas em razões e argumentações justificadas, legítimas, exigências fundamentais para atender às demandas sociais, culturais, econômicas e éticas da modernidade. No Brasil, os desafios são imensos, porém contornáveis mediante de políticas educacionais adequadas, cujo maior obstáculo é a escola “pedagogizadora”. Há certas transformações sociais que só ocorrerão por meio da educação construtora de sujeitos capazes e não apenas capacitados, autônomos e não apenas treinados, qualificados para a ação e não apenas para o exercício.

 


Texto completo:

PDF

Referências


ARAUJO, Inês Lacerda. Foucault e a crítica do sujeito. Curitiba: Editora da UFPR, 2000.

DEWEY, John. Experiência e natureza. São Paulo: Abril Cultural, 1980.

______. Vida e Educação. São Paulo: Abril Cultural, 1980.

FOUCAULT, Michel. Surveiller et punir. Paris: Gallimard, 1975.

HABERMAS, Jürgen. Direito e democracia, entre facticidade e validade. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1997.

_____. Teoria de la acción comunicativa. Madrid: Taurus, 1988.

_____. Pensamento pós-metafísico. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1990.

RIBEIRO, Maria Luisa Santos. História da educação no Brasil. Campinas: Autores Associados, 1998.

RORTY, Richard. Philosophy and the mirror of nature. Princeton University, 1980.

WITTGENSTEIN, Ludwig. Investigações filosóficas. São Paulo: Abril Cultural, 1979.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/rde.v3i7.4885

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat