Os currículos da Educação Física na educação infantil em Vitória, ES (1991-2007)

Kezia Rodrigues Nunes, Amarílio Ferreira Neto

Resumo


Analisa as práticas curriculares da Educação Física na educação infantil na Rede Municipal de Ensino de Vitória, ES, nos diferentes formatos apresentados pelos concursos públicos, entre 1991 e 2007. A proposta teórico-metodológica considerou a metáfora do conhecimento tecido em redes como potência para problematizar e analisar o currículo em suas interações, saberes, fazeres e poderes. Utiliza pesquisa bibliográfica, documental e com o cotidiano para perceber singularidades e continuidades desse movimento. Também entrevista e acompanha as práticas dos professores de Educação Física que trabalharam em uma instituição. Compreende a existência de uma multiplicidade de sentidos de currículos produzidos pelos cargos e a necessidade de problematizar outras formas de inserção da Educação Física na educação infantil. 

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, N. Decifrando o pergaminho: os cotidianos das escolas nas lógicas das redes cotidianas. In: ALVES, N.; OLIVEIRA, I. B. de (Org.). Pesquisa nos/dos/com os cotidianos das escolas: sobre redes de saberes. Rio de Janeiro: DP&A, 2008. p. 13-27.

ANDRADE FILHO, N. F. Educação física para educação infantil de Vitória:

relatório do projeto piloto. Vitória: Prefeitura Municipal de Vitória/Secretaria de Educação, 2004.

AYOUB, E. Reflexões sobre a Educação Física na educação infantil. Revista Paulista de Educação Física, São Paulo, p. 53-60, 2001. Suplemento 4.

AYOUB, E. Narrando experiências com a Educação Física na educação infantil. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Campinas, v. 26, n. 3, p. 143-158, 2005.

BARBOSA, M. C. S. A rotina nas pedagogias da educação infantil: dos binarismos à complexidade. In: REUNIÃO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO, 24., 2001, Caxambu. Anais eletrônicos... Caxambu: Anped, 2007. Disponível em: . Acesso em: 3 abr. 2007.

BATISTA, R. A rotina no dia a dia da creche: entre o proposto e o vivido. In: REUNIÃO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO, 24., 2001, Caxambu. Anais eletrônicos... Caxambu: Anped, 2007. Disponível em: . Acesso em:

abr. 2007.

BRASIL. Decreto-Lei n. 6.443, de 27 de Abril de 1944. Prorroga por 90 dias a vigência do Decreto-Lei n. 6.198, de 13 de janeiro do corrente ano. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Legislativo, Brasília, DF, 27 abr. 1944. Disponível em:

lei-6443-27-abril-1944-452658-publicacaooriginal-1-pe.html>. Acesso

em: 23 jul. 2010.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Brasília: MEC/SEF, 1998.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília: Ministério da Educação e do Desporto, 1997.

CERISARA, A. B. A produção acadêmica na área da Educação Infantil com base na análise de pareceres sobre o Referencial Curricular Nacional da Educação Infantil: primeiras aproximações. In: FARIA, A. L. G.; PALHARES, M. S. (Org.). Educação Infantil pós-LDB: rumos e desafios. Florianópolis: Ed. da UFSC, 2003. p. 19-50.

CERTEAU, M. de. A invenção do cotidiano: 1. artes de fazer. Petrópolis: Vozes, 1994.

DIÁLOGOS e contradições na educação infantil: arte e educação física na PMV: “Dinamizadores em luta”. Petrópolis: Vozes, 2007. Texto original disponibilizado aos profissionais da educação do município de Vitória.

FERRAÇO, C. E. Eu, caçador de mim. In: GARCIA, R. L. (Org.). Método: pesquisa com o cotidiano. Rio de Janeiro: DP&A, 2003. p. 157-175.

FERRAÇO, C. E. Pesquisa com o cotidiano. Revista Educação e Sociedade, Campinas, v. 28, n. 98, p. 73-95, 2007.

FERRAÇO, C. E. Ensaio de uma metodologia efêmera: ou sobre as várias maneiras de se sentir e inventar o cotidiano escolar. In: OLIVEIRA, I. B. de; ALVES, N. (Org.). Pesquisa no/do cotidiano das escolas: sobre redes de saberes. Rio de Janeiro: DP&A, 2008. p. 91-108.

KRAMER, S. Leitura e escrita de professores: da prática de pesquisa à prática de formação. Revista Brasileira de Educação, n. 7, p. 19-41, 1998.

KUHLMANN Jr., M. Educação infantil e currículo. In: FARIA, A. L. G.; PALHARES, M. S. (Org.). Educação infantil pós-LDB: rumos e desafios. Florianópolis: Ed. da UFSC, 2003. p. 51-66.

NUNES, K. R. Práticas curriculares da educação física na educação infantil: um estudo de caso. 2007. 140 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2007.

OLIVEIRA, I. B. Currículos praticados: entre a regulação e a emancipação. Rio de Janeiro: DP&A, 2004.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA. Edital PMV n. 001/1990. Primeiro

concurso público para o magistério (Professor A, Professor B, Especialistas). Vitória: Prefeitura Municipal, 1990.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA. Secretaria Municipal de Educação. Ficha de desempenho do bebê. Vitória: Prefeitura Municipal, 1993.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA. Secretaria Municipal de Educação.

Projeto Berçário. Vitória: Prefeitura Municipal, 1995.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA. Secretaria Municipal de Educação.

Projeto Primeiros Passos. Vitória: Prefeitura Municipal, 1996a.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA. Edital PMV n. 17/1996. Remoção

para professores de ensino “B” em regência de classe (MAPB), Vitória: Prefeitura Municipal, 1996b.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA. Secretaria Municipal de Educação. Divisão de Educação Infantil. Programa de Educação Multicultural de Vitória – PROEMV (Documento preliminar). Vitória: Prefeitura Municipal, 1997.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA. Secretaria Municipal de Educação. Divisão de Educação Infantil. Programa de Educação Multicultural de Vitória – PROEMV (Projeto de assessoramento). Vitória: Prefeitura Municipal, 2004-2005.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA. Edital PMV n. 64/2004. Processo seletivo simplificado para professor de ensino “B” – Educação Física – Educação Artística – Projeto piloto para atuar na Educação Infantil em regime de trabalho de 25 horas semanais. Vitória: Prefeitura Municipal, 2004a.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA. Secretaria Municipal de Educação. Divisão de educação infantil. Projeto de implantação das disciplinas educação física e artes visuais na proposta de educação infantil do sistema de educação básica de Vitória. Vitória: Prefeitura Municipal, 2004b.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA. Edital PMV n. 001/2005. Concurso

público de provas e títulos para provimento de cargos de Professor de Educação Infantil – Professor B – Dinamizador. Vitória: Prefeitura Municipal, 2005.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA. Edital PMV n. 002/2006. Concurso

público de provas e títulos para provimento de cargos de Professor B Dinamizador de Educação Artística na Educação Infantil, Professor B Dinamizador de Educação Física na Educação Infantil. Vitória: Prefeitura Municipal, 2006a.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA. Secretaria Municipal de Educação.

Educação Infantil: um outro olhar. Vitória: Multiplicidade; Prefeitura Municipal, 2006b.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA. Secretaria Municipal de Educação.

Programa de Formação Continuada. Vitória: Prefeitura Municipal, 2007a.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA. Edital PMV n. 010/2007. Concurso

público de provas e títulos para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva no cargo de Professor de Educação Básica III (PEB III) e de Professor de Educação Básica III (PEB III) – Dinamizador. Vitória: Prefeitura Municipal, 2007b.

ROCHA, E. A. C. A pesquisa em Educação Infantil no Brasil: trajetória recente e perspectivas de consolidação de uma pedagogia. 1999. 290 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1999.

SACRISTÁN, J. G. O currículo: uma reflexão sobre a prática. Porto Alegre: Artmed, 2000.

SANTOS, B. de S. Um discurso sobre as ciências. São Paulo: Cortez, 2003.

SANTOS, B. de S. Para uma sociologia das ausências e uma sociologia das emergências. In: SANTOS, B. de S. (Org.). Conhecimento prudente para uma vida decente: um discurso sobre as ciências revisitado. São Paulo: Cortez, 2004. p. 777-821.

SAYÃO, D. T. A hora de... a Educação Física na pré-escola. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE, 10., 1997, Goiânia. Anais... Goiânia: Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte, 1997. v. 1, p. 261-268.

SAYÃO, D. T. Infância, prática de ensino de Educação Física e educação infantil. In: VAZ, A. F. et al. (Org.). Educação do corpo e formação de professores: reflexões sobre a prática de ensino de Educação Física. Florianópolis: Ed. da UFSC, 2002. p. 45-64.

SILVA, T. T. Introdução. In: GOODSON, I. F. Currículo: teoria e história. Petrópolis: Vozes, 1995.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/dialogo.educ.6097

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat