Dilemas (in)visíveis da formação para a docência nas licenciaturas

Osmar Hélio Alves Araújo, Ivan Fortunato, Francisco Mirtiel Frankson Moura Castro

Resumo


Este artigo trata de examinar alguns dilemas (in)visíveis à formação para a docência em licenciaturas, tais como: baixa adesão de estudantes e egressos à carreira docente; a formação para a docência nos cursos de licenciatura concebida e realizada, muitas vezes, como uma atividade secundária; e, por fim, a formação inicial dos professores nos cursos de licenciatura centrada, amiúde, na ação docente “individual” em detrimento de um contexto de trabalho coletivo. Por meio de um exame dialógico, nosso objetivo é problematizar o caráter dos cursos de licenciatura como espaços para a formação docente. Ao final, conclui-se que a formação para a docência exige uma fase da mobilização dos estudantes para a formação e a profissão docente.

 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.7213/1981-416X.20.065.DS01

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Editora Universitária Champagnat