Marie Rennotte: educadora ilustrada, feminista revolucionária, médica dos desvalidos.

Peri Mesquida

Resumo


A luta no Brasil pela emancipação feminina, pelos direitos básicos da mulher à educação, à igualdade, à liberdade, teve em Jeanne Françoise Joséphine Marie Rennotte, nascida em 1852 em Wandre, Província de Liège, na Bélgica, uma incansável batalhadora, mas pouco lembrada pela historiografia que trata das mulheres no Brasil. Este artigo originado de uma pesquisa documental e bibliográfica procura trazer à luz um pouco da vida e da obra incansável batalhadora em favor da educação da mulher, dos seus direitos, e também do seu engajamento em favor dos desvalidos e das desvalidas por meio da prática da medicina social, objeto da sua tese de revalidação do diploma de graduação em medicina obtido no Woman’s Medical College da Pennsylvania, Estados Unidos da América, em 1893.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.7213/1981-416X.19.063.DS02

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Editora Universitária Champagnat