Comunicação pública na prevenção da evasão: a experiência de um aplicativo sobre Ensino Médio Integrado

Elisa Carmo Franco Almeida, Paula Reis de Miranda

Resumo


A principal causa de evasão escolar no Ensino Médio Integrado (EMI) do IF Sudeste MG — Campus Rio Pomba é a falta de conhecimento sobre a identidade dos cursos integrados, que sujeita os estudantes a surpresas pós-ingresso. Considerando-se tal distanciamento entre a instituição e o público-alvo da Educação Profissional e Tecnológica, o presente estudo buscou validar a hipótese de que um aplicativo para dispositivos móveis, voltado a aproximar estudantes adolescentes, constituiria um potencial aliado do Campus Rio Pomba na prevenção da evasão escolar. Tal hipótese relaciona-se ao comprometimento com a trajetória acadêmica, a instituição e a carreira, compreendido como um fator de permanência. Assim, realizou-se um estudo de caso voltado ao curso integrado com maior índice de evasão do Campus Rio Pomba: o de Agropecuária. Revisão bibliográfica, estudo de experiências educacionais recentes, com tecnologia e análise de resultados de entrevistas com estudantes externos ao IF Sudeste MG compuseram o estudo e embasaram a criação de um protótipo de aplicativo em formato interativo, contendo informações curriculares, imagens, vídeos e outros recursos voltados ao curso em questão. O protótipo foi testado pelos mesmos sujeitos adolescentes entrevistados, e seus relatos em questionários apontam que a tecnologia foi capaz de ampliar o conhecimento sobre o IF Sudeste MG e o curso de Agropecuária na modalidade integrada, além de modificar perspectivas de futuro. Validou-se, portanto, a hipótese inicial: o aplicativo proposto apresenta potencial de prevenção da evasão, ao combater a principal origem do problema  — o desconhecimento.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.7213/1981-416X.20.064.AO01

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Editora Universitária Champagnat