Cultura digital na escola: um estudo a partir dos relatórios de Políticas Públicas no Brasil

Fernando José de Almeida, Siderly do Carmo Dahle de Almeida, Alvaro Martins Fernandes Junior

Resumo


A educação configura-se como protagonista nos programas de países que delinearam como meta valorizar a qualidade de vida de seus cidadãos. Esta conjuntura aponta para a iminência em se conseguir retorno célere, legítimo e efetivo para a interrupção de ciclos de pobreza e o estabelecimento de objetivos que promovam a liberdade, a harmonia e o progresso. Considerando-se o contexto das Políticas Públicas quanto ao uso de tecnologias nas escolas, o objetivo desta pesquisa foi perceber se a proposta pedagógica de inclusão digital já é uma realidade nacional. Para isso, realizou-se um estudo tendo por base 4 documentos oficiais. Dentre as questões levantadas, percebe-se que não há muita diferença quanto ao uso de TIC entre escolas públicas e privadas, além disso, o celular é apontado  como meio pelo qual mais se acessa a internet e que quando uma instituição enfatiza a cultura digital, assume a centralidade na formação de alunos mais autônomos.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.7213/1981-416X.18.058.DS01

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Editora Universitária Champagnat