DIÁLOGO ENTRE EDITH STEIN E WILLIAM STERN. Pessoa como fundamento da Psicologia

Carolina de Resende Damas Cardoso, Marina Massimi

Resumo


O artigo trata-se de uma pesquisa em história da psicologia que teve por objeto o estudo histórico conceitual do conceito de Pessoa em algumas obras de dois autores que se destacaram no contexto alemão do início do século XX: Edith Stein (1891–1942) e William Stern (1871–1938). Entre os dois autores existem semelhanças no que diz respeito aos tópicos estudados e também uma precisa relação histórica destacada em suas biografias: Stern lecionava psicologia em Breslau e Stein frequentou suas aulas como aluna em 1911–1912. Contudo, as pesquisas que retomam a relação teórica entre ambos são escassas. Nesse sentido, o objetivo do artigo foi retomar o percurso por meio do qual ambos propuseram suas análises a respeito da constituição do objeto psíquico, bem como as implicações dessas definições para a psicologia. Foram utilizadas como fontes primárias as edições em língua alemã, espanhola e inglesa das obras de Edith Stein e de William Stern. O ponto principal de encontro é a proposta de fundamentação da psicologia a partir do conceito de Pessoa. As definições divergem, mas o ponto de partida é compartilhado: as preocupações com a redução da ciência da alma ao mecanicismo das ciências naturais. Não há como separar a psicologia da filosofia sem reduzi-la, por um lado, ao naturalismo cientificista (representado atualmente pelo campo das neurociências) e, por outro, às ciências humanas (hoje orientadas pelos movimentos pós-estruturalistas relativistas). Somente uma elaboração filosófica (rigorosa) do conceito de Pessoa poderá integrar natureza e cultura sem reduzir uma à outra e fornecer à psicologia uma fundamentação válida e autonomia no diálogo com as demais ciências naturais ou culturais.


Palavras-chave


Edith Stein; William Stern; conceito de Pessoa; psicologia

Texto completo:

PDF

Referências


LÜCK, H. E.; LÖWISCH, D. J. Der Briefwechsel zwischen William Stern und Jonas Cohn: Dokumente einer Freundschaft zwischen zwei Wissenschaftlern. V. 7 de Beiträge zur Geschichte der Psychologie. Universidade de Michigan: P. Lang, 1994.

MANGANARO, P.; NODARI, F. (Ed.). Ripartire da Edith Stein. La scoperta di alcuni manoscritti inediti. Brescia: Editora Morcelliana, 2014.

PAOLINELLI, M. La ragione salvata. Sulla “filosofia Cristiana” di Edith Stein. Milão: Editora Franco Angeli, 2001.

RINGER, F. K. O declínio dos mandarins alemães — a comunidade acadêmica alemã, 1890–1933. Trad. Dinah A. Azevedo. São Paulo: Edusp, 2000.

SAWICKI, M. Editor’s introduction. In: STEIN, E. Philosophy of Psychology and the Humanities. Trad. Mary Catharine Baseheart e Marianne Sawicki. Washington: ICS Publications, 2000.

STEIN, E. Zum Problem der Einfühlung. Halle: Buchdruckerei des Waisenhauses, 1917.

STEIN, E. Vida de una familia judía. In: STEIN, E. Obras completas: Escritos autobiográficos y cartas. v. I. Trad. J. G. Rojo et al. Burgos: Editorial Monte Carmelo; Vitoria: Ediciones El Carmen; Madrid: Editorial de Espiritualidad, 2002. (Originais de 1933 e 1939, publicação póstuma em 1964).

STEIN, E. Introducción a la Filosofía. In: STEIN, E. Obras Completas: Escritos Filosóficos etapa fenomenológica. v. II. Trad. F. J. Sancho, OCD et. al. Rev. J. Urkiza, OCD. Burgos: Editorial Monte Carmelo; Vitoria: Ediciones El Carmen; Madrid: Editorial de Espiritualidad, 2005a. (Original de 1991, publicação póstuma).

STEIN, E. Causalidad Psíquica. In: STEIN, E. Obras Completas: Escritos

Filosóficos etapa fenomenológica. v. II. Trad. F. J. Sancho, OCD et. al. Rev. J. Urkiza, OCD. Burgos: Editorial Monte Carmelo; Vitoria: Ediciones El Carmen; Madrid: Editorial de Espiritualidad, 2005b. (Original de 1922).

STEIN, E. Aus dem Leben einer jüdischen Familie und weitere autobiographische Beiträge. Gesamtausgabe – ESGA, v. 1. Freiburg: Herder, 2010a. (Original de 1933).

STEIN, E. Beiträge zur philosophischen Begründung der Psychologie und der Geisteswissenschaften. ESGA, v. 6. Freiburg im Breisgau: Verlag Herder GmbH, 2010b. (Original de 1922).

STEIN, E. Der Aufbau der menschlichen Person. Edith Stein Gesamtausgabe – ESGA, v. 14. Freiburg: Herder, 2010c. (Original de 1932).

STERN, W. Person und Sache: System der philosophischen Weltanschauung. Erster Band: Ableitung und Grundlehre. Leipzig: Barth, 1906.

STERN, W. Autobiography. In: MURCHISON, C. (Ed.). A history of psychology in autobiography. v. 1. Worcester: Clark University Press, 1930. p. 335-388. (Original de 1927).




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/1980-5934.29.048.DS09

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.