Teacher-researcher: conceptions and practices of master teachers working in primary education

Rita Buzzi Rausch

Resumo


Although teacher education seeks to form a teacher-research and the research being wellness recognized as a key activity, excellent use and meaning has generated controversy. in this sense, we have investigated: which are the conceptions and practices of research master degree teachers who work in teaching at elementary schools? The objective was to identify the concepts and practices in search of master teachers. This qualitative study that we conducted in semi structured interviews with eight master professors. For the design of the teacher-researcher we have identified three aspects: a) the professional who remains up-to-dated, b) That the professional prioritizes the research over teaching, c) the professional who investigates his/her teaching practice. However, we have not noticed the correct understanding of research as a systematic process, in order to the science related to teaching. Most teachers demonstrated interest in and ability conducting research in the school, however, they have expressed impossibilities due to limiting factors related to the physical structure, lack of time, low salary and poor support from the school managers. They have noticed that the master´s contributed in his/her training as a teacher-researcher. This study allowed us to analyze the educational literature which gives an emphasis on the need to train the teacher-researcher. However, it is not often discussed the history of the teachers´ training, working conditions, career, the financial resources and the infrastructure also necessary for the teacher to be able to conduct research in the schools. 

Texto completo:

PDF

Referências


ALARCÃO, I. Professores reflexivos em uma escola reflexiva. São Paulo: Cortez, 2004.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BRZEZINSKI, I. GT 8: a pesquisa sobre formação de profissionais da educação em 25 anos de história. In: REUNIÃO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO - ANPED, 30., 2007, Caxambu. Anais... Caxambu: ANPED, 2007. p. 1-15.

CRUZ, G. B. da; LÜDKE, M. Aproximando universidade e escola de educação básica pela pesquisa. Cadernos de Pesquisa, v. 125, p. 81-109, maio./ago. 2005.

DEMO, P. Pesquisa: princípio científico e educativo. São Paulo: Cortez, 1991.

ESTEBAN, T. M.; ZACUR, A. (Org.). Professora-pesquisadora uma práxis em construção. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

FIORENTINI, D. A didática e a prática de ensino mediada pela investigação sobre a prática. In: ROMANOWSKI, J.; MARTINS, P.; JUNQUEIRA, S. (Org.). Conhecimento local e conhecimento universal: pesquisa, didática e ação docente. Curitiba: ENDIPE: Champagnat, 2004. p. 243-258.

LÜDKE, M. (Coord.). O que conta como pesquisa? São Paulo: Cortez, 2009.

LÜDKE, M. Convergências e tensões reveladas por um programa de pesquisas sobre formação docente. In: DALBEN, A. et al. (Org.). Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente: didática, formação de professores e trabalho docente. Belo Horizonte: ENDIPE: Autêntica, 2010. p. 260-272.

RAMALHO, B. L.; NUÑEZ, I. B.; GAUTHIER, C. Formar o professor - profissionalizar o ensino: perspectivas e desafios. Porto Alegre: Sulina, 2003.

RAUSCH, R. B. A reflexividade promovida pela pesquisa na formação inicial de professores. 2008. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008.

RAUSCH, R. B.; SCHROEDER, S. L. A inserção da pesquisa nas séries iniciais do ensino fundamental. Atos de Pesquisa em Educação, v. 5, n. 3, p. 315-337, 2010.

SCHÖN, D. A. Educando o profissional reflexivo. Porto Alegre: Artes Médicas, 1987.

SILVA, K. A. P. Professores com formação stricto-sensu e o desenvolvimento da pesquisa na educação básica da rede pública de Goiânia: realidade, entraves e possibilidades. 2008. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2008.

VELLOSO, J. Mestres e doutores no país: destinos profissionais e políticas de pós-graduação. Cadernos de Pesquisa, v. 34, n. 123, p. 583-611, set./dez. 2004.

ZEICHNER, K. M. Uma agenda de pesquisa para a formação docente. Formação Docente, v. 1, n. 1, ago./dez. 2009.




DOI: https://doi.org/10.7213/rde.v12i37.4699

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat