A pesquisa narrativa como possibilidade metodológica no âmbito da formação docente

Deise Nivia Reisdoefer, Valderez Marina do Rosário Lima

Resumo


O estudo tem como tema central a discussão sobre a pesquisa narrativa, abordagem metodológica adequada à produção de conhecimentos no âmbito da formação docente. O objetivo principal é apresentar em detalhes o delineamento da pesquisa narrativa, incluindo o modelo de coleta de dados e sua organização, seguido de interpretação e análise. Com fundamentos especialmente em Clandinin e Connelly (1995, 2015) e autores como Botía (2002), Josso (2004), Creswell (2014), Delory-Momberger (2014), Frison e Basso (2016) e Moraes (2018), o escrito apresenta os caminhos de construção de textos de campo e sua transposição para os textos de pesquisa. De caráter interpretativo, a elaboração dos textos de campo compreende o recolhimento de informações e entrevistas no espaço da pesquisa e sua interpretação. Os textos de pesquisa resultam da interpretação e análise dos textos de campo, aos quais são imbricadas a experiência do pesquisador e a teoria adequada à temática da pesquisa. Explicitam-se elementos de natureza teórico-metodológica que se constituem em balizadores para investigações narrativas tais como leitura, escrita, análise e interpretação. Esses elementos permitem um movimento em quatro direções: tanto para frente (prospectivamente), como para trás (retrospectivamente), e também para dentro (introspectivamente) e para fora (extrospectivamente). A teoria discutida e os exemplos apresentados abrem possibilidades para que novas formas de elaboração de textos de campo e de pesquisa sejam organizados em investigações desta natureza, especialmente na área educacional e formação docente.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7213/1981-416X.21.069.AO01

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Editora Universitária Champagnat