Currículos Outros, Sujeitos Outros: novas paisagens no território curricular a partir de uma narrativa-experiência docente

Danilo Araujo de Oliveira, Anderson Ferrari

Resumo



Nosso foco de problematização se inscreve nas relações entre currículo e subjetividades, tomando como provocação a narrativa-experiência de uma professora universitária no encontro com o imprevisível da sala de aula. Perseguindo esse foco de problematizar as relações entre o currículo e as subjetividades, organizamos o texto em três partes: a expectativa, o encontro e a mudança. Todas essas partes dizem e dão forma à narrativa-experiência da professora junto às alunas e aos alunos e seus questionamentos em torno do currículo e de si mesma como resultado desse currículo, mas, sobretudo, nos conduzem para as potencialidades da sala de aula na construção de outros currículos e outros sujeitos. As perspectivas teórico-metodológicas que orientam nossas análises são a pós-critica de currículo e a inspiração dos estudos de Michel Foucault. A narrativa-experiência aqui acionada por nós para pensar o território curricular mostra que, entre os seus ordenamentos, o currículo demanda um tipo específico de professora e professor, aquela e aquele que busca se munir de ferramentas e garantir a realização de um plano e conduzir sua conduta de certo modo, mas, no encontro com o imprevisível do currículo, essa posição de sujeito professora esvanece. Nossa defesa é de que, na sala de aula, emergem possibilidades de constituição de novas paisagens no território curricular que, como efeito, permitem a constituição de currículos outros e sujeitos outros.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7213/1981-416X.21.071.AO02

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Editora Universitária Champagnat