A docência universitária e suas interfaces didáticas: movimentos de aprendizagens

Roselane Duarte Ferraz, Lúcia Gracia Ferreira, Carla Carolina Costa da Nova

Resumo


A docência universitária é focalizada nesse artigo a partir das relações didáticas empreendidas nas aulas. Ela é discutida com interfaces dos saberes e práticas pedagógicas, buscando conhecer os elementos presentes nesse movimento didático. Assim, este artigo buscou verificar os desafios e perspectivas presentes nas relações didáticas de docentes universitários em um curso de formação em serviço e os saberes construídos e mobilizados na prática pedagógica. A pesquisa foi realizada no ano de 2014, através das observações de aulas universitárias, com descrição em notas de campo, no curso de Licenciatura em Pedagogia, que se configurava como formação em serviço, por ser específico para professores. Com a análise dos dados produzidos, constatamos que as aulas observadas eram problematizadas e contextualizadas e traziam aspectos da realidade social dos alunos. Assim, verificamos que nessas aulas vinha sendo realizado o movimento de construção e desconstrução de conhecimentos e saberes e que o processo de ensinar-aprender vinha se dando em meio às resistências e insistências. Constatamos, ainda, que as relações didáticas abarcavam novidades pedagógicas, metodológicas, ideológicas, humanas, culturais, entre outras. Nas aulas, desafios foram revelados e perspectivas emergiram em meio à construção da formação. Dessa forma, a docência universitária é analisada e construída nas interfaces entre os saberes e práticas pedagógicas como movimentos de aprendizagens.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7213/1981-416X.21.068.DS07

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Editora Universitária Champagnat