O exame de admissão ao ensino superior como indicador de qualidade entre os estudantes

Ivan Collinson, Adérito Gomes Barbosa, Albertina Ribáuè

Resumo


O uso de avaliações, testes e exames remonta a vários séculos antes da nossa era, sendo um mecanismo ou instrumento com diversas aplicações, quer no contexto educacional, quer no contexto mais amplo da vida em sociedade. Especificamente, no que se refere ao ensino superior, a importância atribuída aos exames, em especial de admissão ao ensino superior, é enquadrada no contexto das funções desempenhadas pelos exames, de forma geral, mas em particular, pela percepção de qualidade que daí advém. A literatura disponível e consultada para o efeito, bem como os resultados de um inquérito realizado a uma amostra de estudantes do ensino superior, em específico da Universidade Eduardo Mondlane, em Moçambique, ilustra que os estudantes têm uma percepção de qualidade do ensino superior, resultante do mecanismo de ingresso usado, neste caso o exame de admissão à que foram sujeitos. Com efeito, conclue-se também que a validade do instrumento, proveniente da concepção correcta dos exames, é um indicador de qualidade do futuro graduado.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7213/1981-416X.21.071.AO01

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Editora Universitária Champagnat