FOUCAULT E LACAN: O SUJEITO, O SABER E A VERDADE

Luis Francisco Espíndola Camargo, Fernando Aguiar

Resumo


Este trabalho visa mostrar um ponto de articulação entre o pensamento de Michel Foucault e Jacques Lacan. Este ponto está diretamente ligado a uma mesma pesquisa empreendida por ambos: a relação do sujeito com o saber e a verdade. Trata-se de uma leitura que contextualiza o seminário de Foucault A Hermenêutica do Sujeito e o livro A vontade de saber com o ensino de Jacques Lacan. Os autores sustentam que as críticas dirigidas à psicanálise por Foucault perdem seu efeito quando relacionadas ao ensino de Lacan. Pretende-se demonstrar que na ocasião da publicação do primeiro volume sobre A História da Sexualidade, Lacan já havia superado os seguintes problemas apontados por Foucault: a relação da psicanálise com um dispositivo de aliança sustentado pela lei do desejo e a remissão da verdade ao mito do Édipo.

Texto completo:

PDF

Referências


DOR, J. A-cientificidade da psicanálise. Porto Alegre: Artes Médicas, 1993.

ERIBON, D. Michel Foucault e seus contemporâneos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1996.

FOUCAULT, M. O sujeito e o poder. In: DREYFUS, H.; RABINOW, P. Michel Foucault uma trajetória filosófica. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1995. p. 231-249.

______. História da sexualidade: a vontade de saber. São Paulo: Graal, 1998.

______. As palavras e as coisas. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

______. Estética: literatura e pintura, música e cinema. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2001.

______. Lacan, o “Liberatore” da psicanálise. In: ______. Ditos e escritos. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2002. p. 329-330.

______. Problematização do sujeito: psicologia, psiquiatria e psicanálise. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2002.

______. A hermenêutica do sujeito. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

FREUD, S. Moisés e o monoteísmo. Rio de Janeiro: Imago, 1996. p. 13-150. (Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. v. 23. Publicado originalmente em 1939 [1934-1938]).

LACAN, J. Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998.

______. Le sinthome. Le Séminaire livre XXIII. Paris: Seuil, 2005.

______. D‘un Autre à l‘autre. Le Seminaire livre XVI. Paris: Seuil, 2006.

MILLER, J-A. O Rouxinol de Lacan. Carta de São Paulo, São Paulo, v. 10, n. 5, p. 18-32, 2003.

PRADO FILHO, K. Michel Foucault: uma história política da verdade. Florianópolis: Insular, 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/rfa.v21i29.2620

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.