J. L. Austin, o realismo de Oxford e a epistemologia: uma releitura de Other Minds

Sofia Miguens

Resumo


Este artigo propõe uma releitura do artigo Other Minds de J. L. Austin, um exemplo clássico e central do realismo de Oxford, que é hoje exponenciado por autores tão distintos entre si como John McDowell, Timothy Williamson, M. G. F. Martin, Paul Snowdon ou Charles Travis. Um objectivo da leitura é pôr em relevo algumas características da abordagem das questões epistemológicas no seio dessa corrente. Começo por contextualizar o estatuto da investigação epistemológica num quadro de filosofia da linguagem comum. Segue-se uma análise do artigo Other Minds em cinco passos. Finalmente exploro a aplicação ao problema das outras mentes das considerações performativas sobre conhecimento desenvolvidas ao longo do artigo, focando em particular o caso do testemunho.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.7213/aurora.28.044.AO03

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.