IGUALDADE – TRAJETÓRIAS DE UMA NOÇÃO NO PENSAMENTO E NO IMAGINÁRIO POLÍTICO

José D’Assunção Barros

Resumo


Este artigo busca elaborar uma visão panorâmica sobre o
desenvolvimento da noção de Igualdade no pensamento político
e em movimentos sociais e políticos que as favoreceram,
procurando trabalhar com alguns modelos clássicos de Igualdade
de modo a compará-los no seu contexto de surgimento.

Texto completo:

PDF

Referências


BOBBIO, Norberto. Teoria geral da política. São Paulo: Campus, 2000.

BURKE, Edmund. Reflexões sobre a revolução em França. Brasília: UnB, 1982.

CONDORCET. Esquisse d’un tableau historique des progrès de l’esprit humain (1793). Paris: Flammarion, 1988.

HOBBES, Thomas. Elementorum philosophiae, sectio tertia: De Cive.

Amsterdã: Elzevier, 1647.

______. Leviatã ou matéria, forma e poder de um estado eclesiástico e civil. São Paulo: Abril, 1974.

HUXLEY, Aldous. Admirável mundo novo. São Paulo: Abril Cultural, 1974.

LOCKE, John. Segundo tratado sobre o governo civil. São Paulo: Abril

Cultural, 1978.

______. Dois tratados sobre o governo. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

MAQUIAVEL. O Príncipe. Brasília: UNB, 1982.

MONTESQUIEU. O Espírito das leis. São Paulo: Difusão Européia do Livro,

PAINE, Rhomas. Os direitos do homem: uma resposta ao ataque do Sr. Burke à Revolução Francesa. Petrópolis: Vozes, 1989.

PLATÃO. A república. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1993.

ROUSSEAU, Jean-Jacques. Discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens. São Paulo: Nova Cultural, 1987.

______. Do contrato social: princípios de direito político. 4. ed. São Paulo: Nova Cultural, 1987.

______. Emílio ou da educação. São Paulo: Difel, 1979.

SEN, Amartya Kumar. Desigualdade reexaminada. Rio de Janeiro: Record, 2001.

TOCQUEVILLE, Aléxis de. O antigo regime e a revolução. Brasília: UNB, 1989.

Bibliografia complementar

ARIÉS, Philippe. História da família e da criança. Rio de Janeiro: Zahar, 1980.

ARISTÓTELES. Política. São Paulo: Ediouro, 2000.

______. Ética a nicômano. São Paulo: Martin Claret, 2000.

BOBBIO, Norberto. A era dos direitos. Tradução de Carlos Nelson Coutinho. Rio de Janeiro: Campus, 1992.

FOUCAULT, Michel. A Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Graal, 1975.

GREIMAS, Algirdas J; COURTÉS, Joseph. Dicionário de semiótica. São

Paulo: Cultrix, [19--?].

NIETZSCHE, Friedrich. Para além do bem e do mal. São Paulo: Schwarcz, 2001.

WALTZER, Michael. Spheres of justice. Oxford: Martin Robertson, 1983.

WILLIAMS, Raimond. Keyword. Londres: Fontana, 1976.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/rfa.v19i24.2164

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.