O VIRTUAL: DESTINO DA ONTOLOGIA DE GILLES DELEUZE

Eladio Craia

Resumo


O presente texto, no seu primeiro movimento, organiza de modo sumário e cartográfico os principais conceitos da ontologia de Gilles Deleuze, como são: Diferença, univocidade, imanência e complexo questão-problema. Este movimento objetiva expor a centralidade da interrogação sobre o estatuto da Diferença, dado que, para Deleuze, esta não pode ser postulada nem como coisa, nem como nada. Num segundo momento, o trabalho especifica a importância da noção de “virtual-atual” para pensar a natureza da Diferença, expondo a matriz bergsoniana desta reflexão de Deleuze. Neste ponto o texto se demora na análise do estatuto do virtual segundo é pensado por Deleuze, opondo-o às noções anteriores de potência-ato e possível-real. Finalmente, como consideração provisória, o artigo propõe reconhecer o virtual como o conceito-chave para organizar a ontologia deleuziana.

Texto completo:

PDF

Referências


ALLIEZ, E. Deleuze filosofia virtual. Rio de Janeiro: 34 Literatura S/C, 1996.

CRAIA, E. A problemática ontológica em Gilles Deleuze. Cascavel: EDUNIOESTE, 2002.

______ “O niilismo e sua sombra”. In: ______. Temas e matizes, n. 1. Cascavel:

EDUNIOESTE, 2002.

DELEUZE, G. La conception de la différence chez Bergson. In: MICHEZ. Albin. Les études bergsoniennes. Paris: Albin Michel, 1956. v. 4, p. 77-122.

______. Le bergsonisme. Paris: PUF, 1966.

______. A Dobra-Leibniz e o barroco. Campinas: Papirus, 1991.

______. Différence et répétition. Paris: PUF, 1993.

DELEUZE, G; GUATTARI, Felix. Qu’est-ce que la philosophie? Paris: Les Éditions de Minuit, 1991.

LÉVY, P. O que é o virtual? São Paulo: Ed. 34, 1996.

ZOURABICHVILI, F. O vocabulário de Deleuze. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2003.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/rfa.v21i28.1150

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.