Ética e tecnociência

Celso Candido de Azambuja

Resumo


Este trabalho procura explorar as conexões conceituais entre phronesis, techne e episteme. Busca oferecer elementos teóricos para a compreensão da evolução e das transformações conceituais nos domínios da ética e da técnica. Especula sobre o conceito de tecnociência, considerando-a altamente revolucionária diante das técnicas antiga e moderna. Visa fornecer elementos conceituais para favorecer uma interpretação crítica dos principais problemas e desafios de ordem ética, colocados pela emergência da sociedade tecnocientífica a partir da elaboração de uma filosofia da tecnociência. Discutem-se as posições de Jonas, Simondon e Engelhardt a partir da perspectiva de Hottois. Reconhece-se o horizonte conceitual proposto pela tecnofilia evolucionista, aquele que oferece as condições teóricas mais adequadas para a elaboração de uma ética tecnocientífica.

Texto completo:

PDF

Referências


ARISTÓTELES. Ética a Nicômaco. São Paulo: Abril Cultural, 1973.

ENGELHARDT, H. T. The foundations of bioethics. New York: Oxford, 1996.

GALIMBERTI, U. Psiche e Techne, o homem na idade da técnica. São Paulo: Paulus, 2006.

GUATTARI, F. Les trois écologies. Paris: Galilée, 1999.

HEIDEGGER, M. Heráclito. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 1998.

HEIDEGGER, M. A questão da técnica. Scientiae Studia, v. 5, n. 3, p. 375- 398, 2007. Disponível em: . Acesso em: 8 maio 2008.

HOTTOIS, G. Technoscience et sagesse? Paris: Pleins Feux, 2002.

HOTTOIS, G. Do renascimento à pós-modernidade. Aparecida: Idéias & Letras, 2008.

HOTTOIS, G. (Ed.). Évaluer la téchnique: aspects éthiques de la philosophie de la technique. Disponível em: . Acesso em: 12 jul. 2009.

JONAS, H. O princípio responsabilidade, ensaio de uma ética para a civiliza¬ção tecnológica. Rio de Janeiro: Contraponto/PUC-Rio, 2006.

LYOTARD, J-F. O pós-moderno. Rio de Janeiro: José Olympio, 1986.

MARX, K; ENGELS, F. A ideologia alemã. São Paulo: Global, 1980.

PLATON. Republique. Paris: Garnier, 1958.

SIMONDON, G. Du mode d’existence des objets techniques. Paris: Aubier, 1989.




DOI: https://doi.org/10.7213/revistadefilosofiaaurora.7777

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.