Desventuras de Mr. Magoo: Ernest Sosa indaga “How do you know?”

João Carlos Salles

Resumo


Nosso objeto é a análise do conhecimento empreendida por Ernest Sosa, por cuja trama, segundo acreditamos, seu extenso trabalho se configura como uma obra, comportando uma démarche específica. De modo mais específico, pretendemos recuperar neste texto as dificuldades e a novidade do artigo “How do you know?”, com o qual Ernest Sosa, mesmo com hesitações e recuos, fez modificar-se bastante o cenário da análise do conhecimento em direção a uma epistemologia das virtudes. A análise explicita então uma nota característica do conhecimento deveras óbvia, mas que, não obstante a obviedade, precisava ser enunciada. Para conhecer, o sujeito necessita estar em posição de conhecer, sendo o conhecimento uma performance humana. Dessa forma, mesmo não tendo encontrado ainda a fórmula positiva da epistemologia das virtudes, o artigo de Sosa tem um lugar especial entre seus trabalhos, situando-se nas origens de seu pensamento mais maduro e no contexto de uma obra in fieri.


Palavras-chave


Ernest Sosa, conhecimento, análise, Gettier, Magoo situations.

Texto completo:

PDF

Referências


Our objective is the analysis of knowledge undertaken by Ernest Sosa, through whose weaving, as we understand it, his extensive work shapes itself as a one that requires a specific démarche. More specifically, we intend to recover the difficulties and trends of innovation in the article “How do you know?”, with which Ernest Sosa, even when hesitating and backing up, made a difference in the scene of knowledge analysis in the direction of an epistemology of virtues. Thus, the analysis makes explicit a feature of knowledge, which despite its truism, required enunciation. In order to know, the subject must be in a position of knowing, being knowledge a human performance. Therefore, even if the positive formula of the epistemology of virtues is not found, Sosa’s article holds a special place among his other works, placing it in the origins of his more mature thinking, and in the context of a work in progress.




DOI: https://doi.org/10.7213/1980-5934.30.049.AO04

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.