Capitalismo humanista: uma aplicação da justiça econômica?

Fernanda Tatari Frazão de Vasconcelos Bressane

Resumo


A adoção dos preceitos existentes na obra de Jacques Maritain, propugnados especialmente em seu livro Humanismo integral, publicado em Paris no ano de 1936, desencadeou o desenvolvimento recente de uma nova concepção de teoria jurídica econômica, denominada “Capitalismo Humanista”. O presente artigo busca fazer um paralelo entre essa teoria e o conceito de justiça econômica, que aplica valores morais e éticos à sociedade de mercado, mediante observância da justiça comutativa e da justiça distributiva. Sob a ótica religiosa católica, a justiça econômica pode se confundir com a opção preferencial pelos pobres. Pretende-se verificar se as relações econômicas, ao atenderem à realização máxima dos direitos humanos, necessariamente também contemplarão os postulados da justiça econômica.

Palavras-chave


Justiça Econômica. Justiça Comutativa. Capitalismo Humanista. Justiça Distributiva

Texto completo:

PDF

Referências


AULETE. O dicionário da língua portuguesa na internet. Disponível em: . Acesso em: 24 jan. 2011.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição: República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1988.

BRASIL. Lei Federal n. 8.078, de 11 de setembro de 1990. Dispõe sobre a pro- teção do consumidor e dá outras providências. Diário O cial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 12 set. 1990. Disponível em: . Acesso em: 24 nov. 2011.

BRASIL. Decreto n. 678, de 6 de novembro de 1992. Promulga a Convenção Americana sobre Direitos Humanos (Pacto de São José da Costa Rica), de 22 de novembro de 1969. Diário O cial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 7 nov. 1992. Disponível em: . Acesso em: 24 jan. 2011.

BRASIL. Lei Federal n. 10.406, de 10 de janeiro de 2002. Institui o Código Civil. Diário O cial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 11 jan. 2002. Disponível em: . Acesso em: 24 jan. 2011.

COMPARATO, F. K. A a rmação histórica dos direitos humanos. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 2004.

FERRY, L. Diante da crise: matérias para uma política de civilização. Rio de Janeiro: Difel, 2010.

FURTADO, C. Formação econômica do Brasil. Edição comemorativa: 50 anos. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

HUBERMAN, L. História da riqueza do homem: do feudalismo ao século XXI. 22. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2010.

MACPHERSON, C. B. Ascensão e queda da justiça econômica e outros en- saios: o papel do Estado, das classes e da propriedade na democracia do século XX. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1991.

MONTORO, A. F. Introdução à ciência do direito. 25. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2000.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS - ONU. Direitos humanos: novo nome da liberdade e da democracia. 1948. Disponível em: . Acesso em: 24 jan. 2011.

SAYEG, R. H. Texto de estudos: o capitalismo humanista. São Paulo: Edição do Núcleo do Capitalismo Humanista da PUC-SP, 2010.

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. Arguição de descumprimento de preceito fundamental 153 distrito federal. Disponível em: . Acesso em: 28 nov. 2010.

TONETI, E. D. Justiça econômica para todos: doutrina social da igreja e a eco- nomia americana. Disponível em: . Acesso em: 24 jan. 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/rev.dir.econ.socioambienta.02.001.AO02

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista de Direito Econômico e Socioambiental

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

eISSN 2179-8214

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Rua Imaculada Conceição, 1155, Bloco Vermelho, Prado Velho, Curitiba/PR, Brasil, CEP 80.215-901

E-mail: revista.direito@pucpr.br

https://periodicos.pucpr.br/index.php/direitoeconomico/