PENSAMENTO E REVOLTA: O ENGAJAMENTO POLÍTICO EM TEMPOS DE ALIENAÇÃO E PESSIMISMO

Paulo Jonas de Lima Piva

Resumo


A alienação e o pessimismo são dois componentes preponderantes na
atual conjuntura brasileira, o que torna o nosso contexto histórico
bastante desanimador do ponto de vista do engajamento político. Como
ser um filósofo consciente e engajado num Brasil frustrado com os
mensalões e com a resignação neoliberal do governo Lula e do principal
partido da esquerda, o PT? O conceito de revolta de Albert Camus, a
fórmula do “agir sem esperança”, de Jean-Paul Sartre, e a palavra de
ordem gramsciana “pessimismo da inteligência, otimismo da vontade”
talvez lancem alguma luz sobre essa questão ética crucial para os
pensadores que não se satisfazem com a reflexão e a crítica desvencilhadas
de uma práxis transformadora.


Texto completo:

PDF

Referências


ARBEX, J. Deixemos o pessimismo para dias melhores. Caros amigos,

São Paulo, n. 103, p. 14, out. 2005.

CAMUS, A. O mito de Sísifo: ensaio sobre o absurdo. Tradução de Mauro

Gama. Rio de Janeiro, RJ: Guanabara, 1989.

______. O homem revoltado. Tradução de Valérie Rumjanek. Rio de

Janeiro, RJ: Record, 1999.

CIORAN, E. Silogismos da amargura. Tradução de José Thomaz Brum.

Rio de Janeiro, RJ: Rocco, 1991.

COUTINHO, C. N. Contra a corrente: ensaios sobre democracia e socialismo. São Paulo, RJ: Cortez, 2000.

PALÁCIOS, G. A. De como fazer filosofia sem ser grego, estar morto

ou ser gênio. Goiânia: UFG, 2004.

PORCHAT, O. Entrevista. Revista Livro aberto, São Paulo, n. 5, p. 11-17

ago. 1997.

SARTRE, J.P. O existencialismo é um humanismo. Tradução de Virgílio

Ferreira. São Paulo, SP: Abril, 1978.

______. Critique de la raison dialectique. Paris: Gallimard, 1960.

______. O testamento de Sartre. Porto Alegre: L&PM, 1986.

SMITH, P.J. Do começo da filosofia e outros escritos. São Paulo, SP:

Discurso, 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/rfa.v18i23.8618

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.