DOR E DESEJO NA TEORIA FREUDIANA DO APARELHO PSÍQUICO E DAS NEUROSES

Fátima Caropreso

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar o papel concedido por Freud à vivência de satisfação e à vivência de dor no desenvolvimento dos processos psíquicos normais e patológicos em diferentes momentos de sua obra. Pretendemos argumentar que, na etapa final de sua teoria, mais especificamente no texto Inibição, Sintoma e Angústia, de 1926, Freud passa a situar experiências traumáticas reais na origem do psiquismo e das neuroses, o que representa, de certa forma, uma retomada e colocação em primeiro plano da hipótese da “vivência de dor”, formulada no Projeto de uma psicologia (1895/1950). Com essa retomada da hipótese da vivência de dor, Freud enfatiza o papel de um fator biológico inevitável – o desamparo e prematuração do ser humano ao nascer – na predisposição à neurose, o que representa uma modificação significativa da teoria sustentada, ao longo da maior parte de sua obra, segundo a qual o desejo e a oposição que as exigências da cultura impõem a esse seriam os principais fatores determinantes das neuroses.

Texto completo:

PDF

Referências


CAROPRESO, F.; SIMANKE, R. T. A linguagem de órgão esquizofrênica e o problema da significação na metapsicologia freudiana. Revista de Filosofia: Aurora, Curitiba, v. 18, n. 23, p. 105-128, 2006.

CAROPRESO, F. Freud e a natureza do psíquico. São Paulo: AnnaBlume; FAPESP, 2009. (No prelo).

FREUD, S. Project for a scientific psychology. The Standard Edition of the Complete Psychological Works of Sigmund Freud, v. 1, p. 283-387, 1975. (Publicado originalmente em 1950 [1895]).

______. Extracts from the Fliess Papers. The Standard Edition of the Complete Psychological Works of Sigmund Freud, v. 1, p. 175-280, 1975. (Publicado originalmente em 1950 [1892-1899]).

______. The interpretation of dreams (Second Part). The Standard Edition of the Complete Psychological Works of Sigmund Freud, v. 5, p. 339-621, 1975. (Publicado originalmente em 1900).

______. Psycho-analytic notes on an autobiographical account of a case of paranoia. The Standard Edition of the Complete Psychological Works of Sigmund Freud, v. 12, p. 3-82, 1975. (Publicado originalmente em 1911).

______. Papers on metapsychology. The Standard Edition of the Complete Psychological Works of Sigmund Freud, v. 14, p. 105-215, 1975. (Publicado originalmente em 1915).

______. Beyond the pleasure principle. The Standard Edition of the Complete Psychological Works of Sigmund Freud, v. 18, p. 3-66, 1975. (Publicado originalmente em 1920).

______. Inhibitions, Symptoms and Anxiety. The Standard Edition of the Complete Psychological Works of Sigmund Freud, v. 20, p. 77-178, 1975. (Publicado originalmente em 1926).

LAPLANCHE, J.; PONTALIS, J-B. Vocabulário da psicanálise. Martins Fontes,1982.

LAPLANCHE, J. Problemáticas I: A angústia. São Paulo: Martins Fontes, 1987.

______. Problemáticas II: Castração - simbolizações. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

MONZANI, L. R. O movimento de um pensamento. Campinas: Ed. da Unicamp, 1989.

SIMANKE, R. T. Mente, cérebro e consciência nos primórdios da metapsicologia freudiana: uma análise do “Projeto de uma Psicologia” (1895). São Carlos: Edufscar, 2007.




DOI: https://doi.org/10.7213/rfa.v21i29.2629

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.