Ilustração de personagens negros e brancos em livros didáticos de Ensino Religioso do ensino fundamental

Sergio Luis do Nascimento

Resumo


O artigo apresenta algumas considerações sobre a análise dos discursos sobre os segmentos raciais negros e brancos em livros didáticos de Ensino Religioso de 5ª e de 8ª séries do ensino fundamental, publicados entre 1977 e 2007. A análise foi produzida nos contextos interpretativos da teoria da ideologia (THOMPSON, 1995) e dos estudos contemporâneos sobre discursos racistas. Além disso, manteve-se como foco os possíveis impactos da movimentação em torno do tema na produção de discurso racista em livros didáticos de Ensino Religioso, procurando contemplar publicações produzidas de acordo com os três modelos tradicionalmente presentes em diversas escolas do Brasil, a saber: as concepções denominadas Confessional, Interconfessional e a Fenomenológica. A análise formal ou discursiva consistiu na avaliação interna das próprias formas simbólicas, à qual se buscou integrar técnicas de análise de conteúdo. Para análise quantitativa, obteve-se uma amostra de 432 personagens nas ilustrações retiradas de 20 livros didáticos de Ensino Religioso de 5ª e de 8ª séries do ensino fundamental.


Palavras-chave


Relações raciais; Livros didáticos; Ensino Religioso; Discurso racista.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, L. F. Prostituição infanto-juvenil na mídia: estigmatização e ideologia. 2001. 389 f. Tese (Doutorado em Psicologia Social) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2001. Disponível em: . Acesso em: 25 set. 2009.

BRASIL. Presidência da República. Lei n. 9.475/97, de 22 de jullho de 1997.

Alteração, normas, correlação, facultatividade, disciplina escolar, religião, estabelecimento de ensino, ensino fundamental, território nacional, competência, sistema de ensino, fixação, conteúdo, disciplina escolar, religião. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, Congresso Nacional, 23 jul. 1997b.Coluna 2, p. 15824. Disponível em: . Acesso em: 25 set. 2009.

CARVALHO, A. A. M. C. As imagens dos negros em livros didáticos de história. 2006. 259 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2006.

INCONTRI, D.; BIGHETO, A. C. Todos os jeitos de crer: idéias. São Paulo: Ática, 2004. v. 4.

JACCOUD, L.; BEGHIN, N. Desigualdades raciais no Brasil: um balanço da intervenção governamental. Brasília: IPEA, 2002.

JUNQUEIRA, R. A. S. História, legislação e fundamentos do ensino religioso. Curitiba: IBPEX, 2008.

______. O ensino religioso na formação básica do cidadão. Gazeta do Povo, Curitiba, 11 dez. 2001. Opinião C1.

LONGEN, M. R. Redescobrindo o universo religioso: ensino fundamental. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2007. v. 9.

NARLOCH, R. F. Redescobrindo o universo religioso: ensino fundamental. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2007. v. 8.

NEGRÃO, E. V. Preconceitos e discriminação raciais em livros didáticos e infantojuvenis.

Caderno de Pesquisa, n. 65, p. 52- 54, 1988.

ROSEMBERG, F. Relações raciais e rendimento escolar. Caderno de Pesquisa, v. 63, p. 27-29, 1987.

ROSEMBERG, F.; BAZILLI, C.; SILVA, P. Racismo em livros didáticos brasileiros e seu combate: uma revisão da literatura. Educação e pesquisa, v. 29, n. 1, p. 125-146, 2003.

SILVA, P. V. B. Relações raciais em livros didáticos de língua portuguesa.

228 f. Tese (Doutorado em Psicologia Social) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.

______ . Desigualdades raciais em livros didáticos e literatura infanto-juvenil.

In: COSTA, H.; SILVA, P. V. B. da. (Org.). Notas de história e cultura afrobrasileiras.

Ponta Grossa; Curitiba: Ed. da UEPG; Cátedra Unesco de Cultura da Paz, 2007. p. 159-190.

SILVA, P. V. B.; SOUZA, Gisele de. Notas sobre estudos da infância. In: SILVA, P. V. B.; LOPES, E.; CARVALHO. A. (Org. ). Por uma escola que protege: a educação e o enfrentamento à violência contra crianças e os adolescentes. Ponta Grossa; Curitiba: Ed. UEPG; Cátedra Unesco de Cultura da Paz, 2008. p. 21-44.

THOMPSON, J. B. Ideologia e cultura moderna: teoria social na era dos meios de comunicação de massa. Petrópolis: Vozes, 1995.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/pp.v2i2.14423

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.