A igualdade almejada e as desigualdades naturalizadas: religião e os direitos humanos das mulheres | Desired equality and naturalized inequalities – religion and women human rights

Erica Amanda De Oliveira, Jaci De Fátima Souza Candiotto

Resumo


O objetivo deste artigo é mostrar que, além da riqueza de conteúdo teológico que a Bíblia nos apresenta, nela se podem encontrar perspectivas paradoxais a respeito da representação cultural e simbólica das mulheres e dos homens, seja pelo reconhecimento de suas diferenças, seja pela postura recorrente de interpretações que inferiorizam as mulheres e enaltecem os homens. Neste estudo, busca-se entender, na tradição teológica judaico-cristã e nos ritos litúrgicos, por quê predominaram os elementos de subalternidade da mulher. Pretende-se ainda compreender como, no mundo contemporâneo no qual a laicidade é predominante, argumentos patriarcais de cunho religioso são uma constante para justificar as transgressões dos direitos das mulheres de viver de forma mais plena sua dignidade. Esta produção procura identificar em que aspecto a reflexão teológica pode auxiliar na descontinuação dos discursos e práticas religiosas que colaboram com a violência de gênero, analisando quais imagens de Deus, a teologia, na perspectiva das relações de gênero, é capaz de propor ao revisitar textos bíblicos que possam ser inspiradores no enfrentamento da cultura de exclusão e da negação dos direitos humanos.

Palavras-chave: Teologia. Gênero. Direitos Humanos. Mulheres. Dignidade Humana.

Abstract

This text aims to demonstrate that beyond the richness of theological content presented by the bible, there are also paradoxical perspectives concerning to cultural and symbolic representation of women and men, in the recognition of their differences, and in the interpretations that diminishes women and elevate men. This study, then, examines why in Judeo-Christian tradition and in liturgical rites elements of women subordination prevailed. In a context of predominant laicity in contemporary world, it also asks about religious patriarchal argumentations justify the violation of women human rights to live in a more complete and dignified manner. So, it seeks to identify aspects of theological reflection that help to discontinue religious discourses and practices that collaborate to gender violence. On the horizon of gender relations, it analyses which images of God may be proposed as inspiring to cope with the culture of exclusion and human rights denial.

Keywords: Theology. Gender. Human Rights. Women. Human Dignity.


Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, A. et. al. Gênero e direitos humanos: por uma psicologia para todos e todas. in ANDRADE, D.; SANTOS, H. (Orgs.). Gênero na psicologia: articulações e discussões. Salvador: CRP-03, 2013, p. 35-57.

BEAUVOIR, S. Le deuxième sexe. Paris: Gallimard, 1949.

BEAUVOIR, S. O Segundo Sexo. Tradução Sérgio Milliet. 2. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2009.

BOURDIEU, P. A dominação masculina. Trad. Maria Helena Kühner. 5. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2007.

BUTLER, J. El gênero em disputa. El feminismo y la subversión de la indentidad. Traducción Ma. Antonia Muñoz. Barcelona: Paidós, 2008.

CHARTIER, R. A história ou a leitura do tempo. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

DERMIENCE, A. Théologie de la Femme et théologie féministe. Revue Théologique de Louvain, 31, p. 492-523, 2000.

EVDOKIMOV, P. A mulher e a salvação do mundo. São Paulo: Paulinas, 1986.

FIORENZA, E. As Origens cristãs a partir da mulher uma nova hermenêutica. São Paulo: Paulinas, 1992.

FIORENZA, E. Sharing Her Word: Feminist Biblical Interpretation in Context. Boston: Beacon Press, 1998.

GEBARA, I. & BINGEMER, M. C. A mulher faz Teologia. Petrópolis: Vozes 1986.

GIBELLINI, R. A outra voz da teologia: esboços e perspectivas de teologia feminista. in LUNEN-CHENU, M. T.; GIBELLINI, R. Mulher e Teologia. São Paulo: Loyola, 1992, p. 71-133.

JEREMIAS, J. Jerusalém no tempo de Jesus. Pesquisas de história econômico-social no período neotestamentário. 3 ed. São Paulo: Paulus, 1993.

JOÃO PAULO II. Carta do papa João Paulo II às mulheres. 1995. Disponível em: https://w2.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/letters/1995/documents/hf_jp-ii_let_29061995_women.html. Acesso 21 jul. 2020.

JUNG, C.G. O Eu e o Inconsciente. Petrópolis: Vozes, 2008.

LOPES, G. Pilares da Igreja: o papel da mulher na história da salvação. 1. ed. São Paulo: Paulinas, 2015.

MINUCHIN, S.; FISHMAN, H. C. Técnicas de terapia familiar. Porto Alegre: Artes Médicas, 1990.

NOVA BÍBLIA PASTORAL. São Paulo: Paulus, 2014.

PERROT, M. Os excluídos da história: operários, mulheres e prisioneiros. Tradução: Denise Bottmann. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.

POCOCK, J. G. A. Linguagens do ideário político. São Paulo: EDUSP, 2003.

RAD, G. von. El Libro del Genesis. [Trad. Santiago Romero]. Salamanca: Ediciones Sígueme, 1982.

SOUZA, S. D. de. Violência de gênero e religião: alguns questionamentos que podem orientar a discussão sobre a elaboração de políticas públicas. Mandrágora, v. 13, n. 13, p. 15-21, 2007.

SOUZA CANDIOTTO, J. F. Teologia na perspectiva das relações de gênero: a contribuição da hermenêutica bíblica. 2008. 135 f. Dissertação (Mestrado em Teologia) – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2008.

SOUZA CANDIOTTO, J. F. A teologia feminista e seus giros hermenêuticos: reinterpretações de Deus, do ser humano e da criação. Tese (doutorado). Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2012.

TAMEZ, E. Hermenêutica feminista latinoamericana. Una mirada retrospectiva. in MARCOS, S. (Ed.) Religión y Género. Madrid: Editorial Trotta, 2004, p. 41-60.

TAMEZ, E. La Mujer como Sujeto histórico en la Producción Teológica Mujer Latinoamericana. Iglesia y Teología. Editado pelo grupo Mujeres para el Dialogo, México, 1981.

TEPEDINO, A. M. “Macho e fêmea os criou: criação e gênero”. in MULLER, I. (Org). Perspectivas para uma nova Teologia da Criação. Petrópolis: Vozes, 2003, p. 152-166.

TEPEDINO, A. M. As discípulas de Jesus. Petrópolis: Ed. Vozes, 1990.

TEPEDINO, A. M. Gender and new (re-newed) Images of the Divine. Voices, v. 34, n. 1, p. 84-96, 2001.

TOMITA, L. E. A Teologia Feminista no contexto de novos paradigmas. in SILVA, A. J. et al. Teologia aberta ao futuro (SOTER). São Paulo: Ed. Loyola, 1997, p. 143-154.

VALERIO, A. A presença feminina no Vaticano II: As 23 mulheres do Concílio. 1. ed. São Paulo: Paulinas, 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/2318-8065.04.02.p25-39

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O Caderno Teológico está indexado por:

 

                                

                           

                                                                   

     

 

 

 

 

 

 

 

 

Licença Creative Commons
Caderno Teológico de Pontifícia Universidade Católica do Paraná está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.