Fundamentalismo Islâmico no Ocidente | Islamic Fundamentalism in the West

Marli Barros Dias

Resumo


O fundamentalismo islâmico, a versão radical do Islã, se manifesta na atualidade, como uma ameaça às sociedades ocidentais e às suas instituições, na medida em que são consideradas pelos fundamentalistas como sendo incoerentes e deturpadoras do islamismo em sentido puro. Nesse sentido, este artigo tem como objetivo analisar o Islã radical, enquanto corrente ideológica oposta ao Ocidente. Para responder a nosso propósito, foi realizada uma pesquisa bibliográfica e posterior análise, cuja finalidade é compreender o radicalismo islâmico, levando em consideração as suas raízes históricas e a influência dessa ideologia religiosa, para a formação de grupos insurgentes, como, por exemplo, a al-Qaeda e o Estado Islâmico.

Palavras-chave: Islã. Fundamentalismo islâmico. Hassan al-Banna. Ocidente. Muhammad bin Abd al-Wahhab.


Abstract

The Islamic fundamentalism, the radical version of Islam, is today a threat to Western societies and their institutions, which fundamentalists regard as incoherent and misrepresenting to Islam in the pure sense. In this sense, this article aims to analyze radical Islam as an ideological current opposed to the West. To answer our purpose, a bibliographical research and subsequent analysis was carried out, which purpose is to understand Islamic radicalism, taking into account its historical roots and the influence of this religious ideology on the formation of insurgent groups as al-Qaeda and the Islamic State for instance.

Keywords: Islam. Islamic Fundamentalism. Hassan al-Banna. West. Muhammad bin Abd al-Wahhab.


Texto completo:

PDF

Referências


AL-BUḨĀRĪ, S. Hadith 437.vol. 8, livro 76. Disponível em: https://sunnah.com/bukhari/81/18. Acesso em: 30 jun. 2019.

AL-FAWZAN, S. Crença do Monoteísmo. Islamway.net. Disponível em: http://pt.islamway.net/book/27223/a-crenca-do-monoteismo?ref=w-new-e. Acesso 01 jul. 2019.

AL-IKHVWAN AL-MUSLIMOON [IrmandadeMuçulmana]. The Principles of The Muslim Brotherhood. 2008. Disponível em: http://www.ikhwanweb.com/Article.asp?ID=813&LevellID=2&SectionID=116. Acesso 15 ago. 2018.

BURGAT, F. Islamismo Aí ao Lado? Lisboa: Instituto Piaget, trad. do francês por Ana Rabaça, 1999.

CORLETT, J. A. Terrorism. A Philosophical Analysis. Dordrecht-Boston-Londres: Kluwer Academic Publishers, 2003.

COSTA, H. S. O Revivalismo Islâmico. Lisboa: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas – Centro de Estudos Islâmicos da Universidade Técnica de Lisboa, 2001.

COSTA, J. O Terror em Beslan e Seu Significado Histórico. Ratio Pro Libertas, s.l., 2004. Disponível em: http://www.rplib.com.br/index.php?option=com_k2&view=item&id=358:&Itemid=545. Acesso em: 30 jul. 2017.

DÉMANT, P. O Mundo Muçulmano. São Paulo: Editora contexto, 2011.

DEPARTAMENTO DE ESTADO DOS EUA. Combate a Mentalidade Terrorista. 2008. Disponível em: http://usinfo.state.gov. Acesso em: 07 Jul. 2017.

DIAS, M. B. Oriente Médio: Nacionalismos, Conflitos e Insurgências. Curitiba: Juruá, 2017.

DONINI, P. G. O Mundo Islâmico. Do Século XVI à Actualidade. Lisboa: Editorial Presença, trad. do italiano por Maria Jorge Vilar de Figueiredo, 2008.

FELDMAN, N. The Fall and Rise of the Islamic State. New Jersey: Princeton University Press, 2008.

HAYNES, J. (Ed.). The Politics of Religion. A Survey. London: Routledge, 2006.

HOBSBAWM, E. Globalização, Democracia e Terrorismo. Lisboa: Editorial Presença, trad. do inglês por Miguel Romeira, 2008.

HUNTINGTON, S. O Choque das Civilizações e a Mudança na Ordem Mundial. 2.ª ed., Lisboa: Gradiva, trad. do inglês por Henrique M. Lajes Ribeiro, 2001.

LANNES, S. B. A Formação do Império Árabe–Islâmico: História e Interpretações. Tese (Doutorado em Economia Política Internacional). Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Rio de Janeiro, 2013.

MEIJER, R. Introduction. in MEIJER, R. (Ed.). Global Salafism: Islam’s New Religious Movement. London: Hurst & Company, 2009, p. 1-32.

MOURA, P. Omar Bakri Mohammed: “O terror é a lei do século XXI”. Entrevista. 8 jan. 2014. Disponível em: http://paulomoura.net/?p=863. Acesso 16 ago. 2020.

MURR, V. The Power of Ideas: Sayyid Qutb and Islamism. Rockford College Summer Research Project 2004. Disponível em: http://www.stephenhicks.org/wp-content/uploads/2009/02/murr-qutb.pdf. Acesso 30 jun. 2019.

PINTO, M. Infiéis na Terra do Islão: Os Estados Unidos, o Médio Oriente e o Islão. 2.ª ed. Coimbra: Fundação Calouste Gulbenkian/Fundação para a Ciência e a Tecnologia, 2008.

PINTO, P. Islã: Religião e Civilização – uma abordagem antropológica. Aparecida: Editora Santuário, 2010.

REDAÇÃO. Número de muçulmanos vai alcançar o de cristãos até 2050, diz Estudo. Folha de São Paulo. 2015. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2015/04/1611954-numero-de-muculmanos-vai-alcancar-o-de-cristaos-ate-2050-diz-estudo.shtml. Acesso 08 jul. 2015.

RODINSON, M. O Islão Político e Crença. Lisboa: Instituto Piaget, trad. do francês por Vasco Casimiro, 1997.

SUURLAND, D. Totalitarism and Radical Islamic Ideologies. in LABUSCHAGNE, B.; SONNENSCHMIDT, R. Religion, Politics and Law. Leiden/Boston: Brill, 2009, p. 257-309.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/2318-8065.04.02.p80-95

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O Caderno Teológico está indexado por:

 

                                

                           

                                                                   

     

 

 

 

 

 

 

 

 

Licença Creative Commons
Caderno Teológico de Pontifícia Universidade Católica do Paraná está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.