COVID-19: olhares religiosos sobre a realidade pandémica | COVID-19: religious views on pandemic reality

José Brissos-Lino

Resumo


Este artigo tem por objecto o campo religioso e por objectivo entender de que forma as religiões encararam a crise provocada pela Covid-19 e que impactos a mesma exerceu sobre as comunidades de fé, a praxis, o discurso, e sobretudo qual foi o sentido atribuído ao acontecimento, de forma a enquadrar-se na narrativa religiosa e doutrinária de cada uma das correntes filosóficas e religiosas, tendo em conta o facto de as religiões desempenharem um papel importante para o desenvolvimento do ser humano. Procurou-se compreender a postura das religiões face à pandemia da Covid-19, tanto como encararam a suspensão dos seus serviços religiosos presenciais, devido ao confinamento profiláctico, como no modo de prestar apoio espiritual à comunidade dos fiéis, assim como no tipo de organização para não parar a sua intervenção social e de beneficência, em relação aos mais carenciados e vulneráveis da sociedade. Abordou-se ainda o sentido espiritual ou religioso da pandemia, do ponto de vista simbólico. Por conveniência, neste trabalho consideraram-se apenas algumas vertentes do campo religioso.

 

Abstract
This article aims to understand, in the religious sphere, in what ways do religions face the crisis caused by Covid-19, as well as how it impacted the faithful communities, praxis, discourse and above all, what sense was attributed to this event. Through this, we aim to frame the religious and doctrinal narrative of each philosophical and religious schools of thought while minding the fact that religions play an important role in the development of human beings. We aim to understand the stance of religions faced with the task of dealing with Covid-19, such as how the suspended their physical religious services due to prophylactic confinement to provide spiritual aid to the faithful community, as well as their ways of organizing themselves in order to constantly provide people with their social intervention and beneficence, especially when regarding the poor and vulnerable people in our society. We also touch on the spiritual or religious sense of the pandemic in terms of symbolism. This article only reflects upon the religious sphere.


Texto completo:

PDF

Referências


BARBOSA, F. C. (1/5/20). Como viver o mês do Ramadan em tempo de isolamento social? Dom Total. Disponível em: https://domtotal.com/noticia/1440936/2020/05/como-viver-o-mes-do-ramadan-em-tempo-de-isolamento-social/ (consultado em 27/6/20).

BOCKIE, S. Death and the Invisible Powers: The World of Kongo Belief. EUA: Indiana University Press, 1993.

BRISSOS-LINO, J. (2020). Esse Deus não é o meu! Revista VISÃO. Disponível em: https://visao.sapo.pt/opiniao/2020-04-01-esse-deus-nao-e-o-meu/ (consultado em 29/6/20).

CUNHA, H. (14/5/20). “Todos somos irmãos unidos na oração” para pedir o fim pandemia. Rádio Renascença. Disponível em: https://rr.sapo.pt/2020/05/14/religiao/todos-somos-irmaos-unidos-na-oracao-para-pedir-o-fim-pandemia/noticia/192843/ (consultado em 29/6/20).

FRANCO, J. (25/3/20). O impacto da pandemia na prática religiosa. SIC Notícias. Disponível em: https://sicnoticias.pt/opiniao/2020-03-25-O-impacto-da-pandemia-na-pratica-religiosa (consultado em 22/6/20).

BORGES, A. (20/6/20). A pandemia. Onde está Deus? Diário de Notícias. Disponível em: https://www.dn.pt/edicao-do-dia/20-jun-2020/a-pandemia-onde-esta-deus-12328663.html (consultado em 27/6/20).

BUNSEKI, F. African Cosmology of the Bantu-Kongo: Tying the Spiritual Knot, Principles of Life & Living. EUA: African Tree Press, 2014.

COELHO, A. C. (1/5/20). A religiosidade espírita kardecista no período de isolamento social. Dom Total. Disponível em: https://domtotal.com/noticia/1441036/2020/05/a-religiosidade-espirita-kardecista-no-periodo-de-isolamento-social/ (consultado em 18/6/20).

KARDEC, A. O Livro dos Espíritos. Tradução de Salvador Gentile. Araras: IDE, 2009.

HAMMED (Espírito). Renovando atitudes. (Psicografado por Francisco do Espírito Santo Neto). Catanduva: Boa Nova, 2008.

MACGAFFEY, W. Art and Healing of the Bakongo, commented by themselves: Minkisi from the Laman collection (Monograph series). EUA: Indiana University Press, 1991

MENDONÇA, A. L. & MENDES, R. (1/5/20) Religiões afro-brasileiras bantu em tempos de Covid-19. Dom Total. Disponível em: https://domtotal.com/noticia/1441016/2020/05/religioes-afro-brasileiras-bantu-em-tempos-de-Covid-19/ (consultado em: 19/6/20).

MEXIA, P. (20/6/20). Qualquer coisa católica. Expresso Revista Nº. 2486. Disponível em: https://leitor.expresso.pt/semanario/semanario2486/html/revista-e/fraco-consolo/qualquer-coisa-catolica (consultado em 22/6/20).

NÓVOA, R. S. (21/3/20). A “nossa” pandemia, a peste medieval e o medo do contágio. Sete Margens. Disponível em: https://setemargens.com/a-nossa-pandemia-a-peste-medieval-e-o-medo-do-contagio-ensaio/ (consultado em 29/6/20).

NUNES, A. (23/5/20). A fé explica: as respostas das religiões sobre a pandemia do coronavírus. A Gazeta. Disponível em: https://www.agazeta.com.br/es/cotidiano/a-fe-explica-as-respostas-das-religioes-sobre-a-pandemia-do-coronavirus-0520 (consultado em 29/6/20).

PERNIOLA, M. Del sentire cattolico. La forma culturale di una religione universale. Roma: Il Mulino, 2001.




DOI: https://doi.org/10.7213/2318-8065.05.02.p99-111

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O Caderno Teológico segue uma atribuição CC-BY Creative Commons 4.0