Teologia da missão e violência: Superar a violência interna e agir energicamente contra a injustiça

Autores

  • Abdruschin Schaeffer Rocha Faculdade Unida (UNIDA), Vitória, Espírito Santo, Brasil
  • David Mesquiati de Oliveira Faculdade Unida (UNIDA), Vitória, Espírito Santo, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.7213/2175-1838.10.001.DS07

Palavras-chave:

Teologia Prática. Missão cristã. Superação da violência.

Resumo

O texto apresenta uma reflexão de cunho mais geral sobre a relação entre violência e religião e uma mais específica sobre a teologia da missão a partir da superação da violência na prática missionária. Aponta os principais desafios para superação da violência na missão e sugere que se deva começar pela própria estrutura das igrejas (internamente). Não basta instruir a missão para que seja feita de forma respeitosa, é preciso que as igrejas e a Teologia Prática deem exemplo de que é possível se constituir sem estar assentado em conflitos e violência. Aponta a kénosis de Deus em Jesus como percurso necessário para uma Teologia Prática na superação da violência. Jesus mostra outro percurso ao romper com a “Lei do Talião”, quebrando a espiral da violência ao reter o desejo de vingança. É evidente que o modo de agir das igrejas deve estar em consonância com o modo de agir apontado por Jesus. É nesse sentido que se fala de uma superação da violência no seguimento de Jesus, mesmo daquela que se expressa na omissão do enfrentamento e que se esconde no véu do pacifismo. O texto está dividido em duas partes: na primeira, discute-se a questão da relação entre religião, cultura e violência. Na segunda, o artigo debate como a Teologia Prática, especificamente a missão, pode construir-se a partir da superação da violência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

A BÍBLIA SAGRADA. Trad. João Ferreira de Almeida. ed. rev. e atual. São Paulo: SBB, 1997.

ANDERSON, G. H. In Memoriam. In: BOSCH, D. Missão transformadora. 3. ed. São Leopoldo: Sinodal, 2009.

BASTOS, A.; CABRAL, A. M.; REZENDE, J. Ontologia da violência: o enigma da crueldade. Rio de Janeiro: Mauad X, 2010.

BOSCH, D. J. Missão transformadora. 3. ed. São Leopoldo: Sinodal, 2009.

BONHOEFFER, D. Discipulado. 10. ed. rev. São Leopoldo: Sinodal; EST, 2008.

CHANG, J.; HALLIDAY, J. Mao: a história desconhecida. 2. ed. São Paulo: Cia das Letras, 2012.

DAWKINS, R. Deus, um delírio. São Paulo: Cia das Letras, 2007.

GAUCHET, M. Il disincanto del mondo: uma storia politica dela religione.Turim: Einaudi, 1992.

GIRARD, R. A violência e o sagrado. 3. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2008.

GIRARD, R. Eu via Satanás cair como um relâmpago. São Paulo: Paz e Terra, 2012.

GIRARD, R.; VATTIMO, G. Cristianismo e relativismo: verdade ou fé frágil? Aparecida: Santuário, 2010.

HOCH, L. C. O lugar da teologia prática como disciplina teológica. In: SCHNEIDER-HARPPRECHT, C. (Org.). Teologia prática no contexto da América Latina. 2. ed. São Leopoldo: Sinodal; Aste, 2005. p. 21-35.

KIRK, J. A. O que é missão? Teologia bíblica de missão. Londrina: Descoberta, 2006.

LOCKWARD, A. Nuevo diccionario de la Bíblia. Miami, Fl: Unilit, 1999.

LOHFINK, G. Como Jesus queria as comunidades? A dimensão social da fé cristã. São Paulo: Paulinas, 1986.

LOSURDO, D. A não violência: uma história fora do mito. Rio de Janeiro: Revan, 2012.

OLIVEIRA, D. M. Diálogo e missão nos Andes. São Paulo: Garimpo Editorial; Rio de Janeiro: PUC-Rio, 2016.

OLIVEIRA, D. M. Missão, cultura e transformação: desafios para a prática missionária comunicativa. 2. ed. São Leopoldo: Sinodal; Quito-Equador: CLAI, 2014.

SARTRE, J-P. Entre quatro paredes. São Paulo: Abril Cultural, 1977.

SARTRE, J-P. O ser e o nada: ensaio de ontologia fenomenológica. 17. ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

SATHLER-ROSA, R. A questão da violência: uma aproximação na perspectiva da teologia prática. In: SATHLER-ROSA, R. (Org.). Culturas e cristianismo. São Paulo: Loyola; São Bernardo Campo: Umesp, 1999, p. 57-68.

SCHILLEBEECKX, E. História humana: revelação de Deus. São Paulo: Paulus, 1994.

SCHILLEBEECKX, E. Religião e violência. Concilium, Petrópolis, v. 272, n. 4, p. 168-185, 1997.

VATTIMO, G. Creer que se cree. Buenos Aires: Paidós, 1996.

VATTIMO, G. La sociedade transparente. Barcelona: Paidós Ibérica, 1990.

VATTIMO, G. Para além da interpretação: o significado da hermenêutica para a filosofia. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1999.

VILA, S.; ESCUAIN, S. Nuevo diccionario bíblico ilustrado. Barcelona: Clie, 1985.

ZWETSCH, R. E. Missão como com-paixão: por uma teologia da missão em perspectiva latino-americana. São Leopoldo-RS: Sinodal; Quito: Clai, 2008.

ZWETSCH, R. E. A luta contra a ditadura civil-militar a partir da prática da não-violência ativa. Interações – Cultura e Comunidade, Belo Horizonte, v. 9 n. 15, p. 7-28, jan./jun. 2014.

Downloads

Publicado

2018-04-26

Como Citar

Schaeffer Rocha, A., & de Oliveira, D. M. (2018). Teologia da missão e violência: Superar a violência interna e agir energicamente contra a injustiça. Revista Pistis Praxis, 10(1). https://doi.org/10.7213/2175-1838.10.001.DS07