Ensino Religioso: expectativas e perspectivas discentes em formação docente

Autores

  • Remí Klein Escola Superior de Teologia (Faculdades EST)

DOI:

https://doi.org/10.7213/pp.v2i2.10693

Palavras-chave:

Ensino Religioso. Legislação. Formação docente. Metodologia. Práxis educativa.

Resumo

Este trabalho avalia a importância da capacitação em Metodologia de Ensino Religioso nos cursos de licenciatura em Pedagogia, uma vez que, pela legislação vigente em âmbitos nacional e estadual, não é exigida nenhuma formação específica, além da habilitação docente propriamente dita, para lecionar a referida disciplina na educação infantil e nos anos iniciais do ensino fundamental. O artigo abarca o embasamento legal sobre o assunto e o confronta com uma pesquisa de campo, envolvendo a própria prática docente, bem como a atuação de outros docentes e a participação de discentes na disciplina em cursos de Licenciatura em Pedagogia em Institutos de Ensino Superior (IES) na região metropolitana de Porto Alegre.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Remí Klein, Escola Superior de Teologia (Faculdades EST)

Doutor em Teologia, na área de Religião e Educação, professor adjunto da Universidade
do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) e da Escola Superior de Teologia (Faculdades EST),
São Leopoldo, RS - Brasil,

Referências

ANDRÉ, M. E. D. A. de. Etnografia da prática escolar. 4. ed. Campinas, SP:

Papirus, 1995.

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Legislativo, Brasília, DF, 23 dez. 1996. p. 27833. Disponível em: <http://www6.senado. gov.br/legislacao/ListaTextoIntegral.action?id=75723>. Acesso em: 23 jul. 2009.

______. Presidência da República. Lei n. 9.475/97, de 22 de julho de 1997. Alteração, normas, correlação, facultatividade, disciplina escolar, religião, estabelecimento de ensino, ensino fundamental, território nacional, competência, sistema de ensino, fixação, conteúdo, disciplina escolar, religião. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, Congresso Nacional, 23 jul. 1997. Coluna 2, p. 15824. Disponível em: <http://www6.senado.gov.br/legislacao/ListaNormas.action?tipo_norma=LE I&numero=009475&data=1997&SUBMIT1=Pesquisar>. Acesso em: 21 jan. 2010.

______. Conselho Nacional de Educação. Parecer n. 04/98 – CEB, de 29 de janeiro de 1998. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, 29 jan.1998.

Disponível em: <http://portalsme.prefeitura.sp.gov.br/Documentos/BibliPed/TextosLegais/LegislacaoEducacional/Parecer_CNE_CEB_04_98_InstituiDiretrizesCurricularesNacionaisEnsinoFundamental.pdf >. Acesso em: 21 jan. 2010.

KLEIN, R.

Rev. Pistis Prax., Teol. Pastor., Curitiba, v. 2, n. 2, p. 253-267, jul./dez. 2010

______. Conselho Nacional de Educação. Parecer n. 97/99, de 6 de abril de 1999. Formação de Professores para o Ensino Religioso nas Escolas Públicas de Ensino Fundamental. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília-DF, 6 abr. 1999. Disponível em: <http://www.crmariocovas.sp.gov.br/pdf/diretrizes_p0596-0601_c.pdf>. Acesso em: 10 jan. 2010.

______. Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CEB n. 2, de 11 de setembro de 2001. Diário Oficial [da] Republica Federativa do Brasil, Brasília, DF, 14 set. 2001. Seção 1E, p. 39-40. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CEB0201.pdf>. Acesso em: 30 nov. 2009.

CUNHA, M. I. da. O professor universitário na transição de paradigmas.

Araraquara, SP: JM, 1998.

FÓRUM NACIONAL PERMANENTE DO ENSINO RELIGIOSO. Parâmetros

Curriculares Nacionais: ensino religioso. 9. ed. São Paulo: Ave Maria, 2009.

FREIRE, P. A educação na cidade. São Paulo: Cortez, 1991. p. 58.

JUNQUEIRA, S. R. A.; KLEIN, R. Aspectos referentes à formação de professores de Ensino Religioso. Revista Diálogo Educacional, v. 8, n. 23, p. 221-243, 2008.

KLEIN, R. O. Práxis do Ensino Religioso: olhares em perspectivas e novos olhares ‘em formação’. In: WACHS, M. C. et al. (Org.). Práxis do Ensino Religioso na escola. São Leopoldo: Sinodal, 2007. p. 38-51.

MACEIÓ. O Conselho Estadual de Educação de Alagoas. Resolução n. 003/2002, 04 de julho de 2002. Regulamenta o Art. 33 da Lei 9.394/96 alterado pela Lei

475/97 no âmbito do Sistema Estadual de Ensino de Alagoas e define normas correlatas. Disponível em: <http://www.educacao.al.gov.br/servicos/legislacao/resolucoes-conselhos/RESOLUCaO%20No%20003%20regulamenta%20o%20artigo%2033%20da%20lei%209.394-96.doc/>. Acesso em: 5 jan. 2010.

MARANHÃO. Lei n. 8.197, 6 de dezembro de 2004. Dispõe sobre o Ensino Religioso nas Escolas Públicas do Ensino Fundamental, no âmbito do Estado do Maranhão, em conformidade com o disposto na Lei Federal n. 9.475/97 e na Lei de Diretrizes e Bases na Educação Nacional (Lei n. 9.394/96), e dá outras providências. Disponível em: <http://www.ma.gov.br/2007/12/13/Pagina14.htm> Acesso em: 8 dez. 2009.

PARANÁ. Conselho Estadual de Educação. Deliberação n. 01/06-CEE/PR 11fev. 2006. Inserção dos conteúdos de Ensino Religioso. Disponível em: <http://www.cee.pr.gov.br/arquivos/File/pdf/Pareceres2009/CEB/pa_ceb_540_09.pdf>. Acesso em: 9 jan. 2010.

Ensino Religioso: expectativas e perspectivas discentes em formação docente 267 Rev. Pistis Prax., Teol. Pastor., Curitiba, v. 2, n. 2, p. 253-267, jul./dez. 2010

RIO GRANDE DO SUL. Conselho Estadual de Educação. Resolução n. 256, 22 de março de 2000. Regulamenta a habilitação de professores de Ensino Religioso e os procedimentos para a definição dos conteúdos desse componente curricular.

Disponível em: < http://www.mp.rs.gov.br/infancia/legislacao/id3176.htm>

Acesso em: 8 jun. 2007.

ROLNIK, S. Cartografia sentimental: transformações contemporâneas do desejo. São Paulo: Estação Liberdade, 1989.

RONDÔNIA. Secretaria de Estado da Educação. Resolução n. 108/03, 15 de dezembro de 2003. Estabelece normas para a definição dos conteúdos curriculares e para a habilitação e admissão de docentes da Educação Religiosa, nas instituições escolares do Sistema Estadual de Ensino, e dá outras providências. Disponível em: <http://www.cee.ro.gov.br/Resolucoes/Resolu%E7%E3o%20108.03.htm>.

Acesso em: 20 dez. 2009.

SÃO PAULO. Conselho Estadual de Educação. Deliberação n. 16/2001, 28 jul.2001. Regulamenta o Art. 33 da Lei 9.394/96. Disponível em: <http://www.ceesp.sp.gov.br/Deliberacoes/de_16_01.htm>. Acesso em: 21 dez. 2009.

SERGIPE. Conselho Estadual de Educação. Resolução n. 019/2003/CEE, 6 nov. 2003. Dispõe sobre normas para a oferta do Ensino Religioso e a habilitação e admissão de seus professores, nas escolas de ensino fundamental da rede pública.

Disponível em: <http://www.seed.se.gov.br/portais/cee/arquivos/Resolucao_019-2003-CEE__08-05-2003.pdf>. Acesso em: 6 jan 2010.

WEFFORT, M. F. et al. Observação, registro, reflexão: instrumentos metodológicos I. 2. ed. São Paulo: Espaço Pedagógico, 1996.

Downloads

Publicado

2010-09-29

Como Citar

Klein, R. (2010). Ensino Religioso: expectativas e perspectivas discentes em formação docente. Revista Pistis Praxis, 2(2), 253–267. https://doi.org/10.7213/pp.v2i2.10693

Edição

Seção

Dossiê