Teologia, ciências da religião e sociedade: formação e atuação no Brasil

Clelia Peretti, Everaldo dos Santos Mendes

Resumo


Historicamente, a Resolução CNE/CES nº 4, de 16 de setembro de 2016, instituiu as Diretrizes Curriculares Nacionais — DCNs para o curso de Bacharelado em Teologia na República Federativa do Brasil. Por conseguinte, a Resolução CNE/CP nº 5, de 28 de dezembro de 2018, instituiu as DCNs para o curso de Licenciatura em Ciências da Religião. Partindo da distinção entre teologia monástica e método escolástico no século XII, objetivamos refletir sobre a formação e atuação em Teologia e Ciências da Religião na contemporaneidade. No percurso metodológico, elegemos a pesquisa qualitativa de caráter bibliográfico e documental, que reuniu escritos de teologia monástica e método escolástico e as atuais DCNs de Teologia e Ciências da Religião. Por conveniência, estabelecemos uma unidade de tempo: o século XII. Instituímos uma unidade de espaço: o Estado brasileiro. Prescrevemos uma unidade de ação: a formação e atuação em Teologia e Ciências da Religião na República Federativa do Brasil. No século XII, as escolas monacais não revelaram uma “escolástica”, mas uma “teologia monástica”: a teologia dos mosteiros. Não obstante, os meios monástico e escolástico não estão em oposição; mas, estão em relação um com o outro. Partindo das DCNs, adotar-se-ão como base formativa do curso de Bacharelado em Teologia os fundamentos constitutivos da construção do fenômeno humano e religioso, sob a perspectiva da contribuição teológica, sem perder de vista o ser humano em todas as suas dimensões. Peculiarmente, o curso de Licenciatura em Ciências da Religião constitui-se como habilitação em nível de formação inicial de docentes do Ensino Religioso na Educação Básica. No Brasil, a formação em Teologia e Ciências da Religião possibilita ao egresso atuar como pesquisador, consultor e assessor em espaços não escolares, instituições públicas e privadas, organizações não governamentais e entidades confessionais.


Palavras-chave


Estado. Políticas públicas em educação. Diversidade religiosa. Diretrizes Curriculares Nacionais - DCNs. Currículo.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, P. F. C. de. O reconhecimento da teologia como saber universitário: tensões e articulações entre as dimensões confessional e profissional. In: SOARES, A. M. L.; PASSOS, J. D. (Orgs.). Teologia pública: reflexões sobre uma área de conhecimento e sua cidadania acadêmica. São Paulo: Paulinas, 2011.

BRASIL. Decreto 8.681, de 15 de janeiro de 1946. Rio de Janeiro: Diário Oficial da União. Seção 1 de 17/01/1946. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/declei/1940-1949/decreto-lei-8681-15-janeiro-1946-416552-publicacaooriginal-1-pe.html. Acesso em: 14 jan. 2021.

BRASIL. Parecer CFE nº 190/68. Processo 733/67. PIEPER, F. Aspectos históricos e espistemologicos da Ciência da Religião no Brasil: Um estudo de caso. Numen: revista de estudos e pesquisa da religião, Juiz de Fora, v. 21, n2, jul./dez. 2018, p. 232-291.

BRASIL. Parecer CFE nº 2.244/74. Processo 6.930/74. Brasilia. DF. 25 de abril de 1975, p. 331. In: PASSOS, J. D.; USARSKI, F. Compêndio de ciência da religião. São Paulo: Paulinas; Paulus, 2013.

BRASIL. Parecer CNE/CES 241/99, 15 de março de 1999. Brasilia. DF. Portaria/MEC, nº 132, DOU, de 3 de dezembro de 1999. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/1999/pces241_99.pdf. Acesso em: 14 jan. 2021.

BRASIL. Parecer CNE/CES nº 505, de 19 de maio de 1999. Brasilia. DF. DOU, de 16 de julho de 1999. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/1999/pces505_99.pdf. Acesso em: 18 jan. 2021. BRASIL. Portaria nº 3.864. Diário Oficial da União, Brasília, 19 dez. 2003. Disponível em: https://emec.mec.gov.br/emec/consulta-cadastro/detalhes-ies/d96957f455f6405d14c6542552b0f6eb/Mjg0Ng==. Acesso em: 4 fev. 2021.

BRASIL. Parecer CNE/CES n.º 0063, de 19 de fevereiro de 2004. DOU, de 01 de abril de 2004. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/pces0063_04.pdf. Acesso em: 18 jan. 2021.

BRASIL. Parecer CNE/CES nº 118/2009, de 6 de maio de 2009. Brasilia. DF, de 06 de maio de 2009. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/pces118_09.pdf. Acesso em 18 de janeiro de 2021.

BRASIL. Parecer CNE/CES nº 51, de 9 de março de 2010 Brasilia. DF, de 24 de setembro de 2010, Seção 1. P. 631. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=5272-pces051-10&category_slug=maio-2010-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 18 out. 2018.

BRASIL. Parecer CNE/CES nº 60/2014, aprovado em 12 de março de 2014. Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Teologia. Brasilia. DF. DOU, de 12 de março de 2014. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=16071-pces060-14-1&category_slug=julho-2014-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 14 jan. 2021.

BRASIL. Resolução CNE/CP nº 2, de 1º de julho de 2015. Brasilia. DF, DOU, de 1 de julho de 2015. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=17719-res-cne-cp-002-03072015&category_slug=julho-2015-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 14 jan. 2021.

BRASIL. Resolução CNE/CES nº 4, de 16 de setembro de 2016. Brasilia. DF. DOU. 19/09/2016. Edição: 180.Seção: 1.p. 9. Disponível em http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=4842

-rces004-16-pdf&category_slug=setembro-2016-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 14 jan. 2021.

BRASIL. Parecer CNE/CP nº 12/2018, aprovado em 2 de outubro de 2018. Brasilia. DF. Portaria n° 1.403, publicada no D.O.U. de 28/12/2018, Seção 1, Pág. 131. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=99971-pcp012-18&category_slug=outubro-2018-pdf-1&Itemid=30192. Acesso em: 14 jan. 2021.

BRASIL. Resolução CNE/CP nº 5, de 28 de dezembro de 2018. Brasilia. DF. DOU nº 250, de 31 de dezembro de 2018., Seção 1, p. 64. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=105531-rcp005-18&category_slug=janeiro-2019-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 14 jan. 2021.

BRASIL. OParecer CNE/CP nº. 22/2019. Brasilia. DF. Portaria n° 2.167. Brasilia. DF. DOU, de 20 de dezembro de 2019. Seção 1, p.142. Disponível em: https://www.cenpec.org.br/wp-content/uploads/2020/01/pcp022_19.pdf. Acesso em: 14 jan. 2021. BRASIL. Portaria nº 2.167, de 19 de dezembro de 2019. Brasilia. DF. DOU, nº 246, de 20 de dezembro de 2019, Seção 1, p.142. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-2.167-de-19-de-dezembro-de-2019-234650456. Acesso em: 14 jan. 2021.

BRASIL. Portaria nº 426. Diário Oficial da União, Brasília, 28 abr. 2020. Brasilia. DF. DOU, de 03 de março de 2020. Edição 42. Seção 1, p. 14. Disponível em: https://emec.mec.gov.br/emec/consulta-cadastro/detalhes-ies/d96957f455f6405d14c6542552b0f6eb/Mjg0Ng==. Acesso em: 4 fev. 2021.

CAMURÇA, M. Ciências Sociais e Ciências da Religião: polêmicas e interlocuções. São Paulo: Paulinas, 2008.

DELORS, J. (coord.). Educação: um tesouro a descobrir: Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o Século XXI. Trad. José Carlos Eufrázio. São Paulo: Cortez Editora. Brasília: Unesco, 1998.

GAMBINI, R. Alma na pedra. In: CALLIA, M.; OLIVEIRA, M. F. de. (orgs.). Terra Brasilis: pré-história e arqueologia da psique. São Paulo: Paulus, 2006. LECLERCQ, J. O amor às letras e o desejo de Deus: iniciação aos autores monásticos da Idade Média. Trad. Mauricio Pagotto Marsola. São Paulo: Paulus, 2012. MENDES, E. dos S. O Estado em Edith Stein: uma reflexão onto-teológico-política da “comunidade estatal” na contemporaneidade. 2020. 614 f. Tese (Doutorado em Teologia: Teologia Sistemático-pastoral) — Departamento de Teologia, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2020a.

MENDES, E. dos S. A “paideia cristã” do Medievo: experiência(s) cristã(s) de Deus, ideias e instituições educacionais. In: BIANCHESSI, C. Práticas pedagógicas e saberes curriculares: experiências, desafios e conquistas. Curitiba: Bagai, 2020b. MOURA, L. D. de. Missão e marco referencial. História e Missão. Rio de Janeiro: PUCRio, 2021. Disponível em: http://www.puc-rio.br/sobrepuc/historia/. Acesso em: 16 jan. 2021.

STEIN, E. Una investigación sobre el Estado. In: STEIN, E. Obras completas, II: escritos filosóficos (Etapa fenomenológica: 1915-1920). Trad. Constantino Ruiz Garrido e José Luis Caballero Bono. Vitoria: El Carmen; Madrid: Espiritualidad; Burgos: Monte Carmelo, 2005. v. 2.

TEIXEIRA, F. Ciência da Religião e Teologia. In: PASSOS, J. D.; USARSKI, F. Compêndio de ciência da religião. São Paulo: Paulinas; Paulus, 2013.

USARSKI, F. Constituintes da Ciência da Religião: cinco ensaios em prol de uma disciplina autônoma. São Paulo: Paulinas, 2006.

USARSKI, F. História da Ciência da Religião. In: PASSOS, J. D.; USARSKI, F. Compêndio de ciência da religião. São Paulo: Paulinas; Paulus, 2013.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/2175-1838.13.01.AO01

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.