Sínodo da Amazônia: novos caminhos para a igreja e para uma ecologia integral

Nadi Maria de Almeida, Agenor Brighenti

Resumo


Seguindo a metodologia do processo de preparação do Sínodo da Amazônia, que dedicou um longo tempo à escuta dos povos da Região, em um primeiro momento, este artigo dá voz a três grandes clamores que vêm da Amazônia e de sua brava gente: o grito que vem das águas, o grito que vem da flora e da fauna e o grito dos povos da Amazônia. Em seguida, tendo presente o modo como o Evangelho chegou naquelas terras e a heroica resistência, sobretudo de indígenas, negros e mestiços, na defesa secular de suas culturas e religiões, se acena para um modelo de evangelização em clave decolonial, tanto em relação à ecologia como aos povos da Região.


Palavras-chave


Sínodo. Amazônia. Evangelização. Decolonização. Conversão.

Texto completo:

PDF

Referências


ALLEGRETTI, M. Usar para valorizar. História, Revista da Biblioteca Nacional, ano 4, n. 44, Rio de Janeiro, p. 22-25, maio 2009.

AMAZÔNIA sofre com mentalidade cega e destruidora que favorece o lucro. Estadão, 06 jul. 2019. Disponível em: . Acesso em: 13 ago. 2019.

BALDISSERI, L. Comenta o Documento Preparatório sobre a assembleia sinodal de 2019. Apresentado em 08 Jun 2018 na Sala de Imprensa da Santa Sé - a Amazônia no coração da Igreja. Disponível em: < https://www.vaticannews.va/pt/vaticano/news/2018-06/sinodo-bispos-amazonia.html>. Acesso em: 22 Jul2019.

BARBOSA DE ALMEIDA, M. W. Floresta que sangra. -História, Revista da Biblioteca Nacional, ano 4, n. 44, Rio de Janeiro, p. 18-21, maio 2009.

BERNO DE ALMEIDA, A. W. Mapeando vidas. História, Revista da Biblioteca Nacional, ano 4, n. 44, Rio de Janeiro, p. 28-31, maio 2009.

BOFF, L. Ecologia. Grito da Terra, grito dos pobres. Rocco: Rio de Janeiro, 1995.

BOFF, L. Ecologia, Mundialização, Espiritualidade. Ática: São Paulo, 1996.

BOFF, L. La dignidad de la tierra. Ecología, mundialización, espiritualidad. La emergencia de um nuevo paradigma. Trota: Madrid, 2000.

BOFF, L. Cuidar la tierra. Hacia una ética universal. Dabar: México, 2001.

CONSELHO EPISCOPAL LATINO-AMERICANO. Documento de Aparecida, Texto conclusivo da V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e Caribe. 5ª ed. São Paulo: Paulus, 2008.

CUNHA, C. Provocações Decoloniais à teologia cristã. São Paulo: Edições Terceira Via, 2017.

HUMMES, C. C. A proteção da Amazônia e de seus povos originários. CONCILIUM –Revista Internacional de Teologia, Petrópolis, n. 5, v. 378, p. 113-118, 2018.

MBEMBE, A. Crítica da razão negra. Lisboa: Antígona, 2014. (Título original, Critique de la raison nègre. Trad. Marta Lança. París: Éditions de La Découverte, 2013.

PAPA FRANCISCO. Carta Encíclica: Laudato Si’: Sobre o cuidado da casa comum (2005). Disponível em:

. Acesso em: 22 jul. 2019.

PAPA FRANCISCO. Encontro com os povos da Amazônia, discurso do Santo Padre Puerto Maldonado - Coliseu Madre de Dios. 19 de janeiro de 2018.

PAPA FRANCISCO. Exortação apostólica “Evangelii Gaudium” – A alegria do Evangelho: sobre o anúncio do Evangelho no mundo atual. São Paulo: Paulus, 2013.

SCHMINK, M. A cidadania florestal. História, Revista da Biblioteca Nacional, ano 4, n. 44, Rio de Janeiro, maio, 2009.

SILVA, S. R. de L. Uma missão descolonizadora de nossas mentes em relação aos afrodescendentes. Ciberteologia - Revista de Teologia & Cultura, ano VI, n. 28, p. 76-86, 2010.

SÍNODO DE LOS BISPOS ASAMBLEA ESPECIAL PARA LA REGIÓN PANAMAZÓNICA. Amazonía: nuevos caminos para la Iglesia y para una ecología integral. Instrumentum Laboris. Vaticano, 17 de junho de 2019.

SPADARO, A. Entrevista exclusiva do Papa Francisco ao Pe. Antonio Apadaro, SJ. São Paulo: Paulus, 2013.

SUESS, P. A proposta do Papa Francisco para o sínodo Pan-Amazônico de 2019: sinodalidade, missão, ecologia integral. Perspectiva Teológica, Belo Horizonte v. 51, n. 1 p. 15-30, jan./abr. 2019.

VIGIL, J. M. (Org.). Por uma teologia planetária. São Paulo: Paulinas, 2011.

VIOLA, E. O regime internacional de mudanças climáticas e o Brasil. RBCS, Rio de Janeiro, v. 17, n. 50, p. 25-46, out. 2002.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/2175-1838.11.003.DS03

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.