Entraves ao Ensino Religioso na Pós-Modernidade

Luiz Alencar Libório

Resumo


A Pós-Modernidade traz em seu bojo tantas características boas e não boas. Sobre essas últimas, fala-se muito de individualismo, pensamento fraco, juventude sem foco, vida líquida, vazio existencial, reordenação de valores, materialismo, domínio do efêmero, falta de sentido e hedonismo irresponsável, que poderiam ser focos do Ensino Religioso (ER). O objetivo desse artigo é refletir criticamente sobre alguns entraves ao ER no que diz respeito aos cinco eixos dos Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Religioso (PCNERs). A reflexão foca o fenômeno religioso num viés ecumênico, nos moldes das Ciências da Religião. No Brasil, já se fez muito para adequar os PCNERs ao Ensino Religioso, especialmente nas escolas públicas. O estado do Rio Grande do Norte, no Nordeste, é um dos pioneiros nessa difícil tarefa, por falta de professores capacitados. São urgentes a criação e a implementação de licenciaturas, especializações, mestrados e doutorados em Ciências da Religião para solucionar esse problema.


Palavras-chave


Barreiras. Educação. Religião. Valores. PCNERs.

Referências


BOFF, L. Ética e moral: a busca dos fundamentos. 6. ed. Petrópolis: Vozes, 2010.

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Poder Legislativo, Brasília, DF, 23 dez. 1996. p. 27833.

CASTELLS. M. Fim do milênio. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

COSTA, A. M. N. da. A passagem interna da Modernidade para a Pós-modernidade. Psicologia: Ciência e Profissão, v. 24, n. 1, p. 82-93.

FERREIRA, A. C. Ensino Religioso nas fronteiras da ética. Petrópolis: Vozes, 2001.

FÓRUM NACIONAL PERMANENTE DO ENSINO RELIGIOSO — FONAPER.

Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Religioso. São Paulo: Ave Maria,1997.

FÓRUM NACIONAL PERMANENTE DO ENSINO RELIGIOSO — FONAPER.

Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Religioso. 2. ed. São Paulo: Ave Maria, 1998.

FÓRUM NACIONAL PERMANENTE DO ENSINO RELIGIOSO — FONAPER.

Referencial curricular para a proposta pedagógica da escola. São Paulo:

Fonaper, 2000. (Caderno temático n. 1).

FÓRUM NACIONAL PERMANENTE DO ENSINO RELIGIOSO — FONAPER.

Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Religioso. 5. ed. São Paulo: Ave Maria, 2001.

FRANKL, V. E. A presença ignorada de Deus. Petrópolis: Vozes, 1987.

KRONBAUER, S. C. G.; SIMIONATO, M. F. (Org.). Formação de professores:abordagens contemporâneas. São Paulo: Paulinas, 2008. (Docentes em formação).

KÜNG, H. Projeto de ética mundial: uma moral ecumênica em vista da sobrevivência humana. Trad. Haroldo Reimer. 4. ed. São Paulo: Paulinas, 2003.

LIBÂNIO, J. B. Deus e os homens: os seus caminhos. Petrópolis: Vozes, 1990.

LIBÓRIO, L. A.; MOTA, A. R. S. A crise da pertença religiosa do adolescente e do jovem numa sociedade secularizada. Recife: UNICAP, 2010. 150 p. Relatório final (PIBIC: 2007-2010).

MORIN, E. O método 6: ética. Trad. Juremir Machado da Silva Porto Alegre: Sulina, 2005.

MORIN, E. Cultura de massa no século XX: neurose. Trad. Maura Ribeiro

Sardinha. 9. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2007. v. 1.

OLIVEIRA, J. S. de. O Sagrado como semeador de estratégias do viver.

; 100 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Religião) — Universidade

Católica de Pernambuco, Recife, 2012.

OLIVEIRA, L. B. (Org.). Formação de docentes e Ensino Religioso no Brasil: tempos, espaços e lugares. Blumenau: Edifurb, 2008.

RODRIGUES, E. F.; JUNQUEIRA, S. Ensino Religioso: fundamentando pedagogicamente. Curitiba: IBPEX, 2009.

SANTOS, S. F. dos. Ensino Religioso: uma perspectiva para a educação infantil e os anos iniciais do Ensino Fundamental. Curitiba: IBPEX, 2009.

TREVISOL, J. O reencantamento humano: processos de ampliação da consciência na educação. 2. ed. São Paulo: Paulinas, 2004.

VASCONCELOS, J. R. de. O Ensino Religioso e sua contribuição para

o desenvolvimento do aluno a partir dos PCNs. 2012. 107 f. Dissertação

(Mestrado em Ciências da Religião) — Universidade Católica de Pernambuco, Recife, 2012.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/revistapistispraxis.06.002.ds08

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.