Condenação de carcaças de bovinos acometidos por brucelose provenientes das regiões Baixo Amazonas e Sudoeste Paraense

Grecia Aires Roma, Adna Sousa de Lima, Welligton Conceição da Silva, Helder Ribeiro Batista, Raimundo Nonato Colares Camargo Junior

Resumo


A brucelose bovina, enfermidade de distribuição mundial ocasionada principalmente pela Brucella abortus, acarreta prejuízos econômicos e de ordem sanitária. O objetivo deste trabalho foi verificar a prevalência de condenação de carcaças de bovinos abatidos por brucelose no ano de 2018, nas regiões do Baixo Amazonas e Sudoeste Paraense. O estudo foi realizado em três abatedouros frigoríficos, sob inspeção municipal, localizados no município de Santarém, Pará. Foram inspecionados 23.963 bovinos oriundos dos municípios de Placas, Rurópolis, Santarém e Uruará. Os bovinos eram condenados quando apresentavam lesões macroscópicas características de brucelose, presentes no interior das carcaças ou em diferentes órgãos. Foram condenados por brucelose 62 bovinos abatidos no ano de 2018. Observou-se maior índice de condenações no primeiro semestre do ano, sendo Santarém o município que apresentou maior quantidade de machos condenados; no entanto, as fêmeas foram predominantes entre os casos de condenações por município. Com relação à idade, identificou-se que 52,4% (22) dos animais tinham idade superior a 7 anos, 11,9% (5) tinham entre 3 e 7 anos e 35,7% (15) abaixo de 3 anos.


Palavras-chave


Pecuária. Vacas. Zoonose.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.7213/2596-2868.2020.18008



Direitos autorais 2020 Revista Acadêmica Ciência Animal