PUBLICIDADE E IDENTIDADE NA ARQUITETURA DO ESPAÇO PÚBLICO URBANO

Maria de Lourdes Carneiro da Cunha Nóbrega, Clarissa Duarte

Resumo


Este artigo tem como objetivo demonstrar a relação dos elementos publicitários, como placas e letreiros, com a arquitetura da cidade, a fim de que se possa compreender a contribuição desses elementos na identidade dos sítios urbanos, em especial, os sítios históricos. Para tal, toma-se como foco de análise a Rua da Palma, situada na cidade do Recife (Pernambuco, Brasil). Para o desenvolvimento da pesquisa que fundamentou a presente análise morfológica do sítio estudado foi analisada a legislação urbana existente e realizados levantamentos fotográficos e de usos das edificações que delimitam a rua, no período compreendido entre 2006 e 2009. Estudos desenvolvidos por autores como Certau (1994), Venturi (19771) e Koolhaas (2004), dentre outros, e conceitos referentes ao marketing varejista auxiliam a conclusão desta análise do espaço urbano, que apresenta a arquitetura como um veículo publicitário, por vezes transformador da identidade do lugar. Apresenta-se então um ponto de partida de uma futura investigação sobre o papel das leis urbanísticas e do controle urbano, que atuam no planejamento e instalação dos elementos publicitários na arquitetura da cidade e contribuem na formação da paisagem urbana. Paisagem esta considerada parte integrante de uma identidade cultural.

Palavras-chave


Arquitetura; Morfologia; Comércio; Patrimônio

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.