Religião, revelação, textos sagrados

Autores

  • Luiz José Dietrich PUCPR
  • Cássio Murilo Dias da Silva

DOI:

https://doi.org/10.7213/2175-1838.13.01.AO03

Palavras-chave:

Revelação. Escritura. Judaísmo. Cristianismo.

Resumo

Este artigo discute alguns aspectos de dois elementos comuns às mais diversas religiões: o conceito de revelação e a aceitação de um corpo literário normativo, isto é, um cânon. Os processos que levam as religiões a se constituírem são semelhantes em todas as culturas. Uma abordagem crítica e comparativa demonstra a falácia do discurso que defende um modelo religioso como o único verdadeiro. Paralelamente, uma nova concepção de revelação abre caminhos para o diálogo e o respeito. Pontos relevantes do processo de redação do texto bíblico e de definição dos cânones judaico e cristão servem de exemplo para rebater o uso da Bíblia como fundamento de práticas de truculência, intolerância e desprezo pelo que não é “cristão”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz José Dietrich, PUCPR

Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUPR). Doutor em Ciências da Religião com Área de Concentração em Bíblia. 

Cássio Murilo Dias da Silva

[1]Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Doutor em Ciências Bíblicas.

Referências

AGUIRRE, R. La mesa compartida. Estudios del NT desde las ciencias sociales. Maliaño, Catábria: Sal Terrae, 1994.

ARMSTRONG, K. Fields of Blood. Religion and the history of violence. New York/ Toronto: Alfred A. Knopf, 2014.

BEUMER, J. La inspiración de la Sagrada Escritura. In: SCHMAUS, M.; GRILLMEIER, A.; SCHEFFCZYK, L. História de los dogmas. Tomo I, caderno 3B, Madrid: Biblioteca de Autores Cristianos, 1973, p. 1-78.

BOHN GASS, I. Uma introdução à Bíblia. Vol. 3: Formação da Monarquia de Davi e Salomão. São Leopoldo/São Paulo: CEBI/Paulus, 2003, p. 2-10.

CAMARGO, C. P. F. de; MUNIZ DE SOUZA, B.; PIERUCCI, A. F. de O. As grandes religiões. Textos sacros. São Paulo: Abril Cultural, 1973.

CAMPHAUSEN, R. C. The divine library. A comprehensive reference guide to the sacred texts and spiritual literature of the world. Rochester, Vermont: Inner Traditions International, 1992.

CARR, D. M. The formation of the Hebrew Bible. A new reconstruction. New York: Oxford University Press, 2011.

COMBLIN, José. Quais os desafios dos temas teológicos atuais? São Paulo: Paulus, 2005.

DIETRICH, L. J. A descolonização da “Palavra de Deus”: o desafio primeiro e urgente para uma teologia decolonial. Revista de Interpretação Bíblica Latinoamericana, vol. 82, n. 2, p. 61-84, 2020.

EDELMAN, D. V. Deuteronomy-Kings as emerging authoritative books. Aconversation. Atlanta: Society of Biblical Literature, 2014.

ELIADE, M. Essential sacred writings from around the world. New York: HarperOne, 1963. (Tradução brasileira: O conhecimento sagrado de todas as eras. São Paulo: Mercuryo, 1995.)

FINKELSTEIN, I.; MAZAR, A. The quest for the historical Israel. Debating archaeology and the history of early Israel. Atalanta: Society of Biblical Literature, 2007.

FINKELSTEIN, I.; SILBERMAN, N. A. A Bíblia desenterrada. A nova visão arqueológica do Antigo Israel e das origens do seu texto sagrado. Petrópolis: Vozes, 2018.

FORNET-BETANCOURT, R. Religião e interculturalidade. São Leopoldo: Editora Sinodal, 2007.

FÜRST, A. (org.). Paz na terra? As religiões universais entre a renúncia e a disposição à violência. Aparecida: Ideias & Letras, 2009, p.15-63.

GEISLER, N. (org.). Inerrância da Bíblia. Uma sólida defesa da infalibilidade das Escrituras. São Paulo: Vida, 2012, 2ª reimpressão. (Original de 1980).

GONZAGA, W. Compêndio do Cânon Bíblico. Petrópolis: Vozes, 2019.

HOLM, J.; BOWKER, J. (Coords.). Textos sagrados. Mira-Sintra, Mem Martins: Publicações Europa América, 1998.

LIM, T. H. An indicative definition of the canon. In: LIM, T. H. When texts are canonized. Providence: Brown University, 2017, p. 1-24.

MARIANNO, L. D. Profetisas en el Antiguo Israel: entre un consejo y otro interfiriendo en el curso de la historia. RIBLA – Revista Latinoamericana de Interpretación Bíblica. Quito, vol. 60, n. 2, p. 131-138, 2008.

MARKSCHIES, C. Christian theology and its institucions in the early roman empire. Prolegomena to a history of early Christian theology. Waco, Texas: Baylor University Press, 2015.

PACE, E.; STEFANI, P. Fundamentalismo religioso contemporâneo. Raízes Islâmicas, Protestantes, Hebraicas, Induístas. Leitura fundamentalista da Bíblia. São Paulo: Paulus, 2002.

PASCUAL,L. N. Revelação e Inspiração. Acutalidade Bíblica, Fátima, n.9, p. 33-40, 2005.

PRIOTTO, M. Introdução geral às Escrituras. Petrópolis: Vozes, 2019.

REIMER, Haroldo. Inefável e sem forma. Estudos sobre o monoteísmo hebraico. São Leopoldo: Oikos; Goiânia: UCG, 2009, p. 21-52.

RIBEIRO JÚNIOR, J. Pequena história das heresias. Campinas: Papirus, 1989.

RICHARD, Pablo. Memoria del “Movimiento Histórico de Jesús”, desde sus orígenes (años 30) hasta la crisis del Sacro Imperio Romano Cristiano (siglos IV y V), San José de Costa Rica: DEI, 2009.

SATLOW, M. L. Bad prophecies: canon and the case of the Book of Daniel. In: LIM, T. H. When texts are canonized. Providence: Brown University, 2017, p. 63-81.

SCHMID, K. História da literatura do Antigo Testamento. Uma introdução. São Paulo: Loyola, 2013.

SCHMIDT, B. B. Contextualizing Israel´s sacred writings. Ancient literacy, orality, and literary production. Atalanta: Society of Biblical Literature, 2015.

SCHNIEDEWIND, W. M. Como a Bíblia tornou-se um livro. A textualização do antigo Israel. São Paulo: Loyola, 2011.

SMITH, M. S. The Early History of God: Yahweh and the Other Deities in Ancient Israel. Michigan: Eerdmans, 1990.

SMITH, M. S. The Origins of Biblical Monotheism: Israel's Polytheistic Background and the Ugaritic Texts. New York: Oxford University Press, 2001.

WELLS, S. Drunk with Blood. God´s killings in the Bible, Moscow, Idaho: SAB Books, 2010.

WRIGHT, J. E.; ELLIOT, M.; FLESHER, P. V. M. Israel in and out of Egipt. In: EBELING, J. WRIGHT, J. E.; ELLIOT, M.; FLESHER, P. V. M. The Old Testament in archaeology and history. Wacco, Texas: Baylor University Press, 2017, p. 241-272.

ZENGER, Erich. Violência em nome de Deus. O preço necessário do monoteísmo bíblico? In: FÜRST, A. (org.). Paz na terra? As religiões universais entre a renúncia e a disposição à violência. Aparecida: Ideias & Letras, 2009, p.15-63.

Downloads

Publicado

2021-06-11

Como Citar

Dietrich, L. J., & Silva, C. M. D. da. (2021). Religião, revelação, textos sagrados. Revista Pistis Praxis, 13(1). https://doi.org/10.7213/2175-1838.13.01.AO03