Estas palavras e o Shemá

Autores

  • Ildo Perondi PUCPR

DOI:

https://doi.org/10.7213/2175-1838.11.002.DS02

Palavras-chave:

Deuteronômio, palavras, Torá, Shemá

Resumo

No livro do Deuteronômio, a expressão “estas palavras” é repetida várias vezes pelo redator final com o objetivo de introduzir os discursos que Moisés profere ao povo antes da sua morte e antes de o povo entrar na terra. As palavras de Moisés concluem o Pentateuco e, por conseguinte, toda a Torá que norteará a vida do povo de Israel. Dentre estas palavras, encontra-se também o Shemá, a oração por excelência que constitui a profissão de fé israelita, também o ponto central na tradição e na espiritualidade hebraica. Este artigo visa analisar a importância e o significado que estas palavras e o Shemá tiveram – e continuam a ter – para o povo judeu, bem como para o cristianismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ildo Perondi, PUCPR

Mestre em Teologia Bíblica pela Universidade Urbaniana de Roma e Doutor em Teologia Bíblica pela PUC-Rio. Professor de Sagradas Escrituras no Programa de Pós-Graduação em Teologia (PPGT) na PUCPR.

Referências

AUSUBEL, N. Conhecimento Judaico II. Enciclopédia Judaica. Vol. 6. Rio de Janeiro: A. Koogan Editor, 1989.

BÍBLIA de Jerusalém. Introdução ao Livro do Deuteronômio. São Paulo: Paulus, 2002.

BLENKINSOPP, J. Deuteronômio. In: BROWN, R.; FITZMYER, J. A.; MURPHY, R. E. (Orgs.). Novo Comentário Bíblico São Jerônimo. Antigo Testamento. São Paulo: Academia Cristã / Paulus, 2007.

BUNIM, I. M. A Ética do Sinai. Ensinamentos dos sábios do Talmud. São Paulo: Sefer,1998.

CRÜZEMANN, F. A Torá. Teologia e história social da lei do Antigo Testamento. Petrópolis: Vozes, 2002.

DI SANTE, C. Liturgia Judaica. Fontes, estrutura, orações e festas. São Paulo: Paulus, 2004.

EPHRAÏM. Jesus, Judeu praticante. São Paulo: Paulinas, 1998.

FRIZZO, A. C. Uma tríade social que qualifica o ato de conhecer a Deus. Pistis & Praxis, Curitiba, v. 3, n. 1, p. 15-42, jan/jun. 2011.

KRAMER, P. Origem e legislação do Deuteronômio. Programa de uma sociedade sem empobrecidos e excluídos. São Paulo: Paulinas, 2006.

MAYES, A. D. H. Deuteronomy. The New Century Blible Commentary. London: Wm. B. Eerdmans Publ. Co. Grand Rapids. Marsharll, Morgan & Scott Publ. Ltd., 1987.

MEYER, D. A vida fora da lei. É permitido salvar uma vida? São Paulo: Loyola, 2012.

OTTO, E. A Lei de Moisés. São Paulo: Loyola, 2011.

PAGANINI, S. Deuteronomio. Nuova versione, introduzione e commento. Milano: Paoline, 2011.

PAPOLA, G. Deuteronomio. Introduzione, traduzione e commento. Torino: Edizioni San Paolo, 2011.

SELTZER, R. M. Povo judeu, pensamento Judaico I. Enciclopédia Judaica. Vol. 1. Rio de Janeiro: A. Koogan Editor, 1990.

TORÁ, A LEI DE MOISÉS, Tradução de Ohel Yaacov. São Paulo: Sefer, 2001.

TRADUÇÃO Ecumênica da Bíblia (TEB). São Paulo: Loyola, 1994.

ZUMERKORN, D. Numerologia judaica e seus mistérios. Rio de Janeiro: Maayanot, 2005.

Downloads

Publicado

2019-08-30

Como Citar

Perondi, I. (2019). Estas palavras e o Shemá. Revista Pistis Praxis, 11(2), 311–326. https://doi.org/10.7213/2175-1838.11.002.DS02

Edição

Seção

Dossiê