Documento de Aparecida: O texto original, o texto oficial e o Papa Francisco

Autores

  • Agenor Brighenti Brighenti Pontifícia Universidade Católica do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.7213/pp.v8i3.1318

Resumo

O texto original do Documento de Aparecida — que teve à frente da Comissão de Redação o então Cardeal Bergoglio — antes de ser publicado como texto oficial, sofreu ao redor de 250 mudanças. Diante da negativa da Presidência da V Conferência pela autoria das mudanças e oficiosamente do próprio Papa Bento XVI, que se limitou a “autorizar” a publicação do texto, os autores das censuras no texto original do Documento de Aparecida (DAp), nunca foram revelados. Frente a isso, o curioso é constatar que o Papa Francisco, desde a primeira-hora de seu pontificado, em seus pronunciamentos  e documentos, tem resgatado praticamente tudo aquilo que os censores do texto original de Aparecida tinham suprimido. É o “Papa do fim do mundo”, fazendo soprar desde a periferia os “ventos do Sul” no coração da Igreja como um todo. Trata-se da afirmação da tradição eclesial libertadora da Igreja na América Latina, antes sob suspeição e, agora, reconhecida e enriquecendo a Igreja inteira. Dentre as mais de duas centenas de mudanças, há umas 40 maiores e de fundo, das quais este estudo aborda 10 delas, apresentando seu teor no texto original de Aparecida, seguido das censuras presentes no texto oficial e o resgate do que foi suprimido pelos censores em pronunciamentos e documentos do Papa Francisco.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AMERINDIA (org.). V Conferencia de Aparecida: renacer de una esperanza. Montevideo: Editorial Don Bosco, 2008.

BRIGHENTI, A. “Perfil da Igreja que o Papa Francisco sonha”. In: da Silva, José Maria (Org). Papa Francisco. Perspectivas e expectativas de um papado. Petrópolis: Vozes, 2014.

BRIGHENTI, A. “Uma instituição em crise em uma sociedade em crise”. In: Passos, J.D.-Soares, A.L. (Orgs). Francisco. Renasce a esperança. São Paulo: Paulinas, 2013. p. 28-45.

BRIGHENTI, A. Aparecida em Resumo. O documento oficial e as mudanças feitas no documento original. São Paulo: Paulinas: São Paulo, 2007.

BRIGHENTI, A. Para compreender o Documento de Aparecida. São Paulo: Paulus, 2007.

CALVEZ J. Y. Les silences de la doctrine sociale catholique. Paris, Éd. de l'Atelier, 1999.

CELAM. Documento de Aparecida. Brasília: Edições CNBB, 2007.

Downloads

Publicado

2016-03-24

Como Citar

Brighenti, A. B. (2016). Documento de Aparecida: O texto original, o texto oficial e o Papa Francisco. Revista Pistis Praxis, 8(3), 673–713. https://doi.org/10.7213/pp.v8i3.1318