Tendências e relações entre a orientação sexual e o Cristianismo no Brasil

Autores

  • Uipirangi Franklin da Silva Câmara Faculdade Teológica Batista do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.7213/revistapistispraxis.6044

Palavras-chave:

Orientação sexual, Identidade, Cristianismo, Teologia, Pessoa humana.

Resumo

O presente artigo tem como pano de fundo um projeto que procura apresentar alternativas teológicas que deem conta de pensar a possibilidade e viabilidade de que pessoas homossexuais possam expressar sua espiritualidade de forma livre e completa nas comunidades cristãs brasileiras. Nesse sentido, procura apresentar um panorama da homossexualidade no Brasil, pontuando momentos diversos, valores, projetos e colocando em relevo a questão da identidade homossexual, principalmente, uma referência à mesma como perversão, anormalidade, crime e doença, reservando às pessoas homossexuais, o estigma, marginalização e exclusão. O texto procurará pontuar a busca por uma identidade alternativa por parte das pessoas homossexuais, tanto do ponto de vista teórico, procurando novas possibilidades conceituais, quanto do ponto de vista político, articulando-se em busca de seus direitos como cidadãos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Uipirangi Franklin da Silva Câmara, Faculdade Teológica Batista do Paraná

Doutor em Ciências da Religião pela Universidade Metodista de São Paulo,professor da Faculdade Teológica Batista do Paraná e das Faculdades OPET, membro e pesquisador do Núcleo Paranaense de Pesquisa e Estudo em Religião (NUPPER), Curitiba, PR - Brasil.

Referências

BITTENCOURT, S. Uma vida de sucesso! Como uma homossexual brasileira se deu bem na Microsoft. São Paulo: Summus, 2003.

BOSWELL, J. Cristianismo, tolerância social y homosexualidad. Barcelona: Muchinik, 1993.

CASTAÑEDA, M. A experiência homossexual: explicações e conselhos para os homossexuais, suas famílias e seus terapeutas. São Paulo: A Girafa, 2007.

CENTRO PARANAENSE DE CIDADANIA – CEPAC. Educando para a diversidade: como discutir homossexualidade e direitos humanos nas escolas. Guia para Profissionais da Educação CEPAC, Curitiba, v. 1, n. 1, 2006. Disponível em:

<http://mixbrasil.uol.com.br/pride/paradas/educando-para-a-diversidade2. html#rmcl>. Acesso em: 18 jan. 2008.

COMUNIDADE Cristã Gay de São Paulo. Disponível em: <http://tropis.org/amorygual/>. Acesso em: 16 jan. 2008.

DIAS, M. B. União homossexual: o preconceito e a justiça. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2000.

ESTADO DE SÃO PAULO. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei 5003/200, 7 de agosto de 2001. Determina sanções às práticas discriminatórias em razão da orientação sexual das pessoas. Disponível em: <http://www.camara.gov.br/ sileg/prop_detalhe.asp?id=31842>. Acesso em: 18 jan. 2008.

FÉRES-CARNEIRO, T. et al. A escolha amorosa e interação conjugal na heterossexualidade e na homossexualidade. Psicologia Reflexão Crítica, v. 10, n. 2, p. 351-368, 1997.

FRANÇA, I. L.; SIMÕES, J. A. Do “queto” ao mercado. In: GREEN, J. N.; TRINDADE, R. (Org.). Homossexualismo em São Paulo e outros escritos. São Paulo: Ed. da UNESP, 2005. p. 309-336.

FRY, P. Para inglês ver: identidade e política na cultura brasileira. Rio de Janeiro: J. Zahar, 1982.

FRY, P.; MACRAE, E. O que é homossexualidade. 2. ed. São Paulo: Brasiliense, 1983. (Coleção Primeiros Passos).

GREEN, J. N.; TRINDADE, R. (Org.). Homossexualismo em São Paulo e outros escritos. São Paulo: Ed. da UNESP, 2005.

HARDIN, K. Autoestima para homossexuais: um guia para o amor-próprio. São Paulo: Summus, 2000.

HELMINIAK, D. A. O que a Bíblia realmente diz sobre a homossexualidade. São Paulo: Summus, 1998.

HOMOSSEXUAIS dizem que prezam a fidelidade. Isto É, n. 1703, p. 68-72, 22 maio 2002.

HOMOSSEXUAIS “curados” nunca foram de fato homossexuais. Disponível em: <http://tropis.org/amorygual/manifest-pt.html>. Acesso em: 16 jan. 2008.

ISAY, R. A. Tornar-se gay. São Paulo: Summus, 1998.

MACRAE, E. Em defesa do queto. In: GREEN, J. N.; TRINDADE, R. (Org.). Homossexualismo em São Paulo e outros escritos. São Paulo: Ed. da UNESP, 2005.

MOTT, L. J. Misericórdia: a inquisição portuguesa e a repressão ao nefando pecado de sodomia. In: NOVINSKI, A.; CARNEIRO, M. L. T. (Org.). Inquisição: ensaios sobre mentalidades, heresias e arte. Rio de Janeiro: Expressão e Cultura; São Paulo: EDUSP, 1992. p. 703-838.

MOTT, L. Pagode português: a subcultura gay nos tempos inquisitoriais. Ciência e Cultura, n. 40, p. 120-139, 1988.

MOTT, L. Homossexualidade e Cristianismo. Disponível em: . Acesso em: 16 jan. 2008.

NUNAN, A. Homossexualidade: do preconceito aos padrões de consumo. Rio de Janeiro: Caravansarai, 2003.

O QUE AS IGREJAS são chamadas a fazer. Disponível em: . Acesso em: 16 jan. 2008.

PEREIRA, R. Casamento evangélico e gay: a nova igreja contemporânea abriga ex-pastores e fiéis expulsos de outras denominações por serem homossexuais. Revista Época, n. 501, 2007. Disponível em: <http://revistaepoca.globo.com/ revista/epoca/0,,edg80693-6014-501,00.html>. Acesso em: 16 jan. 2008.

PIERONI, G. Os excluídos do reino: a inquisição portuguesa e o degredo para o Brasil colônia. Brasília: Ed. da UnB; São Paulo: Imprensa Oficial do Estado, 2000.

RIESENFELD, R. Papai, mamãe, sou gay! Um guia para compreender a orientação sexual dos filhos. São Paulo: Summus, 2002.

ROMER, K. J. Eles estão errados. Revista Veja, edição 1815, ano 36, n. 32, p. 11-15, 13 ago. 2003. Páginas amarelas.

SILVA, V. G. Representação social dos papéis sexuais ativo e passivo nas relações homoeróticas. Revista Sanitas (UEPB), ano 7, n. 14, 2002.

SOUZA, P. Confidências da carne: o público e o privado na enunciação da sexualidade. Campinas: Ed. da Unicamp, 1997.

VALÉRIO, C. Homossexuais curados e libertos. 2006. Disponível em: . Acesso em: 16 jan. 2008.

Downloads

Publicado

2012-10-06

Como Citar

Câmara, U. F. da S. (2012). Tendências e relações entre a orientação sexual e o Cristianismo no Brasil. Revista Pistis Praxis, 4(1), 149–176. https://doi.org/10.7213/revistapistispraxis.6044

Edição

Seção

Artigos